sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Distrito Sanitário III tem sua Plenária Ampliada da 14ª Conferência concluída


     No dia 11 de janeiro, os(as) conselheiros(as) de Saúde do Distrito Sanitário III realizaram a sua Plenária Ampliada da 14ª Conferência Municipal de Saúde do Recife. Tendo como objetivo debater o tema central da Conferência, levar orientações quanto ao novo formato dessa etapa da 16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª + 8), a plenária ampliada também serviu para aclamar os(as) delegados(as) que participaram da etapa municipal da Conferência que será realizada em março deste ano. A plenária aconteceu no auditório do Centro de Saúde Ermírio de Moraes.
         Para a gerente Distrital, Lara Hazin, esse é um momento para reafirmar os Conselhos de Saúde como espaços legítimos de luta a favor do SUS. “Precisamos frear esse desmonte que o SUS vem sofrendo. Precisamos estar comprometidos nessa luta, fortalecendo cada vez mais o Controle Social e seguindo em frente, pois a luta continua”, disse.
      Também presente no momento da abertura, a vice-coordenadora do CMS-Recife, Sônia Pinto, fez uma fala esperançosa para os presentes. “Precisamos dar as mãos, onde os segmentos caminhem juntos para continuar a lutar pelo SUS. Não podemos ser negativos, mesmo sendo atacados diariamente com esses desmontes que vêm se apresentando nos últimos anos”, disse. Sônia também aproveitou para explicar a escolha do CMS-Recife quanto a nova metodologia da Conferência. “Não estamos cerceando a participação de ninguém, mas sim, valorizando esses conselheiros e conselheiras como representantes legais da sociedade”, enfatiza.
       Convidado para fazer uma apresentação sobre a legislação que envolve a criação dos Conselhos de Saúde e a sua funcionalidade para a população, o coordenador do CMS-Recife, Cristiano Nascimento, falou do momento em que estamos vivendo. “É uma grande satisfação estar presente nesses momentos de debate e de fortalecimento do SUS, mas também não podemos deixar de lado que o atual governo vem declarando através de seus ministros. Estamos em estado de alerta, tendo, inclusive, a incerta da continuação dos Conselhos como o nosso que discutem políticas essenciais para a sociedade”, pondera.
    O coordenador do Conselho Distrital de Saúde III, Francisco Layon, ressaltou a importância das Conferências. “São nesses espaços que precisamos trazer pautas mais aguerridas e que estejamos em comunhão para poder lutar como um propósito mais forte e sem nos dispersar”, alerta.
     Ainda durante a Plenária Ampliada, a conselheira e membro da Comissão Organizadora da 14ª Conferência, Janaína Brandão, foi a responsável por explicar a nova metodologia da conferência como também fazer explanação ao tema central da conferência: ‘Democracia e Saúde: Saúde como Direito e Consolidação e Financiamento do SUS’. “[Este é um] Momento de luta diferenciado, onde o chamado é para ser militante do SUS e dizer não aos retrocessos que estão vindo por aí”, pondera Janaína. “Estamos aqui para defender esse espaço de luta pela vida e exercer a nossa democracia participativa que os Conselhos de Saúde estão inseridos”, finaliza.
      No final da plenária, a Comissão Eleitoral aclamou a delegação do Distrito Sanitário III para a Etapa Municipal de acontece no Centro de Convenções, em Olinda.
Representantes do segmento Usuário
Representantes do segmento Trabalhador
Representantes do segmento Gestor
Delegação do DS III para etapa Municipal da 16ª Conferência Nacional de Saúde

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Fiscalização retoma análises das respostas dos relatórios de visitas nas Unidades de Saúde

      Em sua segunda reunião de 2019, a Comissão de Fiscalização continua a retomada das análises no que se refere as devolutivas da SESAU quanto aos relatórios das visitas nas Unidades que Comissão enviou ainda em 2018. 
      Essa análise começou em dezembro de 2018, mas, devido ao recesso de final de ano, o trabalho ficou parado. Agora, com a retomada, a comissão espera concluir essa demanda para saber se as respostas dadas pela SESAU são satisfatórias ou se ainda precisa de maiores esclarecimentos.
       A Comissão analisa cerca de 10 relatórios, a exemplo da policlínica Gouveia de Barros, CAPS Boa Vista, USF Alto do Pascoal, USF Tia Regina, entre outros. Na próxima reunião será eleita a nova coordenação.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Orçamento retoma atividades solicitando balanço de gastos do Controle Social em 2018

    Em reunião realizada nesta tarde de quarta-feira, 16, a Comissão de Planejamento e Orçamento do CMS-Recife esteve reunida para iniciar suas atividades de 2019. Na pauta, a comissão solicitou da Secretaria de Saúde o balanço final dos gastos do Conselho no exercício de 2018, como também solicitou que na próxima Reunião Plenária do CMS seja retirado o Grupo de Trabalho (GT) para dar início as análises do Relatório Anual de Gestão (RAG) 2018. A análise dos gastos do CMS deve iniciar já na próxima reunião da comissão na semana que vem.
    Além disso, a comissão aproveitou a oportunidade para realizar o planejamento de suas ações para este ano e também retirou a nova coordenação, onde a conselheira Vera Lúcia foi eleita coordenadora. Agora, Vera ficará a frente dos trabalhos por quatro meses.

Articulação inicia atividades de 2019

       Retomando suas atividades, membros da Comissão de Articulação se reuniram nesta quarta-feira, 16, onde realizaram a eleição da nova coordenação da comissão para os próximos quatro meses. A conselheira Lorena Raia foi reconduzida para os trabalhos. Além disso, a comissão também solicitou da equipe de Planejamento da Secretaria de Saúde o recorte da PAS 2019 que dará mais embasamento ao Planejamento anual da comissão.
     Ainda na reunião, a coordenadora ressaltou a importância de começar o ano convocando os Conselhos Distritais para os habituais encontros sistêmicos. “Na próxima reunião iremos pensar num calendário para voltar com as reuniões ampliadas com os Conselhos Distritais para construirmos as minutas dos Regimentos Internos deles”, disse a coordenadora da comissão, Lorena Raia.

Conselho ressalta a importância na mobilização dos(as) conselheiros(as) para participar da Plenária Ampliada da 14ª Conferência


          O coordenador do CMS-Recife, Cristiano Nascimento, juntamente com a conselheira e membro da Comissão Organizadora da 14ª Conferência Municipal de Saúde do Recife, Janaína Brandão, esteve presente na sede do Conselho Distrital de Saúde do Distrito Sanitário II para conversar com representantes da gerência do Distrito Sanitário II, do Conselho Distrital de Saúde II e dos(as) coordenadores(as) de todos os Conselhos de Unidade que estão funcionando no território a fim de explicar a importância da participação dos(as) conselheiros(as) nessa etapa da 16ª Conferência Nacional de Saúde.
       Como é de conhecimento de todos e todas, a 14ª Conferência Municipal de Saúde do Recife terá uma nova metodologia para atender as orientações dos Conselhos Nacional e Estadual de Saúde. Para esta conferência, que tem como tema: "Democracia e Saúde: Saúde como Direito e Consolidação e Financiamento do SUS", a participação dos(as) delegados(as) se dará a partir da representação dos Conselhos de Saúde - Municipal, Distrital e de Unidade -, que são espaços legítimos de fomento e discussão das Políticas Públicas de Saúde.
   "Nosso intuito é fortalecer esses agentes que defendem o SUS e falar da responsabilidade de mobilização que cada Conselho tem para que seus representantes estejam presentes no dia de sua Plenária Ampliada", conta Cristiano Nascimento.
      Nessa perspectiva, as etapas de Microrregionais e Distritais foram substituídas pelas Plenárias Ampliadas que têm como objetivo debater o tema central, levar orientações quanto ao novo formato da 14ª Conferência e fazer a eleição/aclamação dos(as) delegados(as) que irão para a etapa Municipal.
    “[Neste momento] Estamos exercendo uma democracia representativa quando o Conselho Municipal definiu que a participação nesta conferência se daria a partir da representação dos Conselhos de Saúde”, explica Janaína Brandão. “Por isso que é de suma importância que todos os conselheiros e conselheiras participem das Plenárias Ampliadas”, finaliza.
     Na ocasião, foi protocolado um documento ressaltando a importância da participação dos(as) conselheiros(as) na Plenária Ampliada do DS II que acontece no dia 24 de janeiro.

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Comunicação define estratégias para o primeiro trimestre de 2019

      Na tarde desta terça-feira, 15, membros da Comissão de Comunicação do CMS-Recife elencaram as prioridades da comissão para este primeiro trimestre de 2019. Entre os itens discutidos estão a elaboração da nova edição do Jornal do Conselho e traçar estratégias de divulgação utilizando outros mecanismos de comunicação, a exemplo de vídeos e cards para whatsapp.
     Além disso, a Comissão também recebeu a nova máquina fotográfica que ajudará a maximizar o material apresentado no blog, no Jornal e nas redes sociais do CMS, ofertando um trabalho visual de maior qualidade. Ainda em reunião, ficou acordado que na próxima semana será retirada a nova coordenação da Comissão.