terça-feira, 13 de abril de 2021

Plano de Vacinação do Recife é pauta em plenária

 


Na última quinta-feira, 08, o colegiado do Conselho Municipal de Saúde (CMS) do Recife esteve reunido para acompanhar a apresentação do Plano de Vacinação adotado por Recife para combater à Covid-19. A apresentação foi feita pela secretária de Saúde, Luciana Albuquerque, que, de forma segura e sucinta, mostrou como está o município nessa corrida para imunizar o maior número de pessoas contra o vírus.

"Esse é um momento importante e estamos aqui para que vocês possam entender todos os passos dados pela gestão nesse plano de imunização", conta Luciana. Exibindo uma linha do tempo, a secretária mostrou aos presentes como está sendo o processo de vacinação, quais são os grupos prioritários já contemplados, quais serão os próximos e quantas pessoas já foram vacinadas.

Aberto o debate, muitas intervenções foram feitas. O conselheiro Isaac Machado perguntou o porquê das pessoas com deficiência ainda não estarem sendo consideradas prioritárias visto que existe uma lei que garante essa especificidade para essa população. Segundo Luciana, a Secretaria de Saúde segue as orientações passadas pelo Ministério da Saúde (MS) e que, existem 29 grupos prioritários. "Recife está seguindo grupo a grupo. Começamos com Trabalhadores de saúde na linha de frente e idosos que vivem institucionalizadas; depois avançamos para pessoas de 18 a 59 anos com comorbidades e o próximo grupo será para pessoas com deficiência permanente", ressalta.

Nessa corrida para se imunizar, a secretária levou uma verdadeira enxurrada de apelos e questionamentos acerca dos critérios adotados para vacinação. É o caso da conselheira Liana Lisboa, que indagou quando os profissionais de educação física serão contemplados. Ou ainda, pela participante, Viviane Soares, que é farmacêutica, e perguntou quando os farmacêuticos, sobretudo aqueles que trabalham em drogarias, irão receber o imunizante.

Luciana reforçou sua fala de que Recife segue orientações do MS. "Não é Recife que escolhe ou toma decisões sozinho. Seguimos as orientações do Ministério e que são reforçadas pelo Ministério Público de Pernambuco, pelo Ministério Público Federal e pela Defensoria Pública. Estamos seguindo as orientações dos órgãos de controle", enfatiza. Sobre os farmacêuticos, a secretária disse que os "que estão nos ambientes de linha de frente, já foram vacinados ou eram para ter sidos. Os demais estão sendo vacinados conforme idade". Com relação aos profissionais que trabalham em drogarias, Luciana disse que eles podem receber as doses da vacina, desde que estejam dentro do critério previsto no cronograma de vacinação, ou seja, estar dentro da faixa etária. A mesma regra segue aplicada para os profissionais de educação física.

O conselheiro Jair Brandão ressaltou a importância da vacinação para as pessoas que vivem com HIV/AIDS. Inserida no grupo de comorbidades, as pessoas que vivem com a sorologia positiva deve receber uma atenção especial. "É preciso pensar como será atendida essa população, pois o sigilo deve ser respeitado", lembrou Jair, que, se colocou a disposição para dialogar e encontrar a melhor saída para atender essa população.

Luciana destacou que a gestão pensa em como viabilizar essa demanda. "Foi uma grande vitória e avanço incluir a população que vive com HIV/Aids dentro das comorbidades. Vamos fazer da melhor maneira e sem expor ninguém", finaliza dizendo que toda ajuda é bem-vinda. 

3 comentários:

  1. Lamentável que os conselheiros ao invés de discutirem a questão da vacinação de forma ampliada, que tenha um cronograma efetivo. Ficam simplesmente preocupados com suas representações, como se fossem dirigentes sindicais e não pessoas que representam a sociedade, com o dever de deliberar sobre a política de saúde no sus

    ResponderExcluir
  2. Lamentável que os conselheiros ao invés de discutirem a questão da vacinação de forma ampliada, que tenha um cronograma efetivo. Ficam simplesmente preocupados com suas representações, como se fossem dirigentes sindicais e não pessoas que representam a sociedade, com o dever de deliberar sobre a política de saúde no sus

    ResponderExcluir
  3. This is another testimony on how Chief Dr Lucky cured my HIV disease. Do you need a cure for your HIV disease? Do you want to be cured from your cancer disease? Or you want to be free from any type of disease. Kindly visit his website https://chiefdrluckyherbaltherapy.wordpress.com/ , he just cured my HIV disease and I’m very grateful to him, he is the only herbalist that can cure you.  
    WhatsApp number : +2348132777335 
    Via Email : chiefdrlucky@gmail.com
    Thank you all for reading,
    God bless"

    ResponderExcluir