sábado, 20 de junho de 2015

12ª Conferência: Grupos debatem os oito eixos temáticos


     No segundo dia da 12ª Conferência Municipal de Saúde, os delegados debateram os oito eixos temáticos que nortearam todas as discussões dentro da conferência. Embalados pela animação dos profissionais da Academia da Cidade, os participantes se exercitaram e tomaram fôlego para os trabalhos que foram desenvolvidos ao longo do dia.

     A mesa coordenadora, formada pela conselheira Keila Tavares e pelos conselheiros Oscar Correia e Paulo Roberto, deram as explicações do funcionamento dos oito Grupos de Trabalhos que discutiram os eixos temáticos da conferência. Entre as normas, estavam a elaboração de 10 propostas a nível Municipal, 05 propostas a nível Região de Saúde (o que corresponde a I GERES), 05 propostas a nível Estadual e 05 propostas a nível Nacional.
Mesa coordenadora explicou os procedimentos dos Trabalhos em Grupo
      O secretário de Saúde do Recife, Jaílson Correia, também participou desse momento e ressaltou que a conferência de saúde é um espaço essencial para a melhoria do SUS. "Nós estamos dando um passo importante na construção do Sistema Único de Saúde. Tivemos, nos grupos de Trabalho, um alto nível de discussão com debates, por muitas vezes, acalorado e aguerrido", disse.
Jaílson Correia enalteceu o alto nível dos debates
     Os oito eixos temáticos foram: Direito à Saúde, Garantia de Acesso e Atenção de Qualidade; Participação Social; Valorização do Trabalho e da Educação em Saúde; Financiamento do SUS e Relação Público-Privado; Gestão do SUS e Modelos de Atenção à Saúde; Informação, Educação e política de Comunicação do SUS; Ciência, Tecnologia e Inovação no SUS; e Reformas Democráticas e Populares do Estado.

Eixo I
Eixo II
Eixo III
Eixo IV
Eixo V
Eixo VI
Eixo VII
Eixo VIII

     A conselheira Municipal de Saúde, Ana Lúcia Dantas (segmento Trabalhador), participou de sua primeira conferência e contou como foi a experiência. "Achei de um nível muito alto, não só de ideias e propostas, mas na organização também. A condução dentro dos trabalhos em grupo foi bem sucedida e os embates ocorridos foram bem produtivos", ressaltou. Ana participou do eixo que debateu a atenção à Saúde. Já o conselheiro Municipal de Saúde, José Cleto (segmento Usuário), fazendo uma avaliação das ações desenvolvidas nos três dias da 12ª Conferência, disse que "não existe uma conferência mais democrática como essa".
O conselheiro José Cleto em fala na conferência
     Para o delegado, Paulo Murilo (segmento Trabalhador), do Distrito Sanitário VII, a conferência desse ano foi muito organizada e as discussões trataram de muitos aspectos para a saúde. "Estamos aqui para aprovar os objetivos de nossas propostas e que elas sejam validadas saindo do papel", disse. A delegada e conselheira de Unidade do Distrito Sanitário I, Otávia Félix (segmento Trabalhador), falou que a 12ª Conferência trouxe muita inovação e agilidade na condução dos trabalhos. "A tecnologia é outra. O sistema de votação das propostas foi muito rápido e isso melhorou no andamento das atividades", disse, ressaltando o mecanismo adotado pela Comissão Organizadora da conferência em realizar a votação das propostas com a ajuda do keypad, um aparelho específico para votação eletrônica dando o resultado da votação em poucos segundos.
Participando de sua segunda conferência, Paulo Murilo ressaltou a ótima organização
da 12ª  Conferência Municipal de Saúde do Recife
      Ao final, os trabalhos produzidos nos grupos foram apresentados á plenária final (dia 18/06) para ciência e votação das propostas que obtiveram menos de 70% de aprovação nos grupos. Agora, a relatoria da conferência deverá consolidar o material aprovado e disponibilizá-lo num Relatório Final com prazo final em 31 de julho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário