sábado, 20 de junho de 2015

12ª Conferência Municipal de Saúde foi um sucesso

     Durante três dias seguidos (16, 17 e 18/06), cerca de 600 pessoas, entre usuários, trabalhadores, gestores, observadores e convidados, participaram da 12ª Conferência Municipal de Saúde do Recife. Realizada no Centro de Convenções, em Olinda/PE, a 12ª Conferência teve como objetivo avaliar e elencar propostas que serão encaminhadas às conferências de saúde, etapas estadual e nacional, que acontecerão ao longo de 2015.

      Com o tema central "Saúde Pública de Qualidade no Recife: Direito de Todos e Todas e Dever do Estado", a conferência foi a culminância de um processo que envolveu a realização de 19 plenárias microrregionais e seis plenárias Distritais.
     No primeiro dia de evento (terça-feira, 16), os participantes se credenciaram e participaram de um momento de descontração dançando um forró tipicamente nordestino que, com a ajuda de profissionais da Academia da Cidade, animou toda a plenária.


     Na abertura, o coordenador do CMS-Recife, Oscar Correia, falou das conquistas desse colegiado biênio 2014-2016 que, entre outras ações, aprovou edital para criação de conselhos de unidade em todos os equipamentos de saúde da rede, inclusive em unidades de saúde da família e polos da Academia da Cidade, e recomendações para melhorias das políticas e programas que são ofertados pela Secretaria de Saúde. Emocionado, Oscar Correia falou que o dia era muito especial para o colegiado, enaltecendo a organização da conferência. "Hoje (16/06) é um dia que representa a luta e resistência de um colegiado, que há um ano e três meses, vem dedicando-se dia a dia nas atividades do Conselho. E que, embora boa parte dos conselheiros serem novos, vimos que a organização dessa conferência seria um ato desafiador, mas não nos intimidamos na realização do trabalho sistemático para a realização, não só desse momento, mas também do funcionamento das atividades desenvolvidas pelos atores do Controle Social", disse Correia, lembrando que o novo colegiado teve uma renovação de 70% de seus membros.

    Além do coordenador do CMS-Recife, também estiveram presentes o vice-prefeito da Cidade do Recife, Luciano Siqueira; do secretário de Saúde do Recife, Jaílson Correia; a conselheira Nacional de Saúde, Verônica Lourenço; a Promotora do Ministério Público de Pernambuco, Dra Helena Capela; a secretária-executiva de Coordenação Geral da Secretaria de Saúde do Estado, Ana Cláudia Callou; a representante do Ministério da Saúde em Pernambuco, Maria de Fátima Helene; a secretária de Saúde de Olinda, Tereza Miranda; e o vereador Rogério de Lucca.
Mesa de Abertura
    A programação do primeiro dia ainda contou com uma explanação sobre o tema central da conferência feita pelo assessor técnico do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde, Paulo Dantas, e pela conselheira Municipal, Rosângela Albuquerque. Ainda foram feitas a leitura e aprovação do Regimento Interno da 12ª Conferência Municipal de Saúde do Recife pelos conselheiros Paulo Roberto, Oscar Correia e Keila Tavares.

     A preocupação de fazer uma conferência que atendesse aos requisitos básicos do Controle Social sempre norteou as discussões ao longo do processo de confecção da conferência. Segundo o conselheiro distrital do Conselho Distrital II, Antônio Gomes, essa conferência veio para somar na construção do SUS. "A participação popular foi bem representada nessa conferência. Todos os segmentos estavam juntos para construir propostas que ajudam na melhoria da saúde", disse. Questionado sobre a resolutividade das propostas, Antônio foi bem enfático. "Se não acreditasse [na execução das propostas] não estaria aqui. Acredito que boa parte delas sejam cumpridas", finaliza.
O conselheiro Distrital II, Antônio Gomes, ressaltou que a participação popular foi
um diferencial para essa conferência 
     No período da tarde, a programação ainda trouxe as mesas temáticas “Financiamento tripartite do SUS e as perspectivas para o setor da Saúde”, coordenada pelo conselheiro municipal Renê Guedes e debatida pelos convidados Shirleyanne Brasileiro (Coordenação Estadual do Núcleo de Economia da Saúde - PB), Gessyanne Paulino (Presidente do COSEMS-PE) e Roseanne Lemos (Coordenação Estadual do Núcleo de Economia da Saúde - PE) e “Comunicação em Saúde e interações com as redes sociais”, coordenada pelo conselheiro municipal José Ribeiro e debatida pelos convidados Isabel Levy (FioCruz-RJ), Patrícia Horta (UFPE) e Diego Gouveia (Faculdade Pernambucana de Saúde - FPS).


Mesa Temática: "Financiamento Tripartite do SUS e as perspectivas para o setor Saúde"
Mesa Temática: "Comunicação em Saúde e interações com as redes sociais"
Dentro da solenidade de abertura, a conselheira Cleide Barbosa (segmento Usuário) foi homenageada pelo colegiado que reconheceu à sua luta no fortalecimento do Controle Social na cidade do Recife.

Nenhum comentário:

Postar um comentário