quinta-feira, 23 de julho de 2015

Grupo de Trabalho retoma discussões da PAS 2015

Grupo de Trabalho dá continuidade a análise da Programação Anual de Saúde (2015)
     Durante todo o dia de ontem, quarta-feira (22) e hoje, quinta-feira, (23), o Grupo de Trabalho (GT) que analisa a Programação Anual de Saúde (PAS) 2015 se reuniu, juntamente com representantes da Gerência de Planejamento e Orçamento da Secretaria de Saúde (SESAU), para dar continuidade ao monitoramento das metas e dos indicadores do referido instrumento de gestão para este ano.
    O GT, que já vem analisando o documento desde o mês de fevereiro, retomou a condução do monitoramento das ações trazendo, inclusive, respostas aos questionamentos de alguns membros do grupo de trabalho. Como foi o caso da conselheira Keila Tavares (segmento Trabalhador) que salientou a discordância no percentual mínimo de cobertura da Estratégia da Saúde da Família em áreas prioritárias. 
     Para a conselheira, não ficou clara qual o percentual correto para essa ação que está dentro do fortalecimento e qualificação da atenção básica. “Enquanto no relatório da 11ª Conferência Municipal de Saúde traz 15% de cobertura, a meta contida no PMS (Plano Municipal de Saúde) é de 11.6% [para os quatro anos de gestão]”, disse. A gerência de Planejamento falou que houve uma mudança de cálculo no percentual de cobertura da Estratégia de Saúde da Família o que reduziu de 3.450 para 3.000 pessoas, justificando, assim, a alteração dos percentuais. Espera-se, para esse ano, uma cobertura de ampliação de 3%.
    Agora, o GT espera concluir o monitoramento em mais dois encontros marcados para os dias 28 e 29 da próxima semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário