sexta-feira, 3 de junho de 2022

Por dentro do que aconteceu da 15ª Conferência (18/05)

 

Segundo dia de conferência (18/05) foi marcado pelo início dos Grupos de Trabalho. Na ocasião, a coordenação do CMS-Recife, composta por Oscar Correia e Janaína Brandão, fizeram a fala de abertura e socializaram que o CMS-Recife doou os lanches não utilizados durante a Conferência para moradores de uma comunidade no bairro do Pina, além de orientar os(as) delegados(as) para os trabalhos que foram finalizados no dia 19 de maio.

Após esses momentos, todos foram divididos nos sete Grupos de Trabalho existentes para discutir e aprovar as propostas que estarão no Relatório Final da 15ª Conferência e servirão de subsídio para elaboração do Plano Municipal de Saúde do Recife para o quadriênio 2022-2025.


Os grupos temáticos foram:

- Ampliação dos serviços básicos de saúde, garantindo a integralidade do cuidado, com ênfase na Saúde Mental;

- Fortalecimento dos processos regulatórios e acesso aos serviços especializados, assegurando a continuidade do cuidado;

- Fortalecimento da vigilância em saúde e a busca pela integralidade com as ações e políticas estratégicas;

- Gestão, inovação tecnológica e financiamento em saúde;

- Gestão do trabalho e da educação na saúde: dimensionamento do quadro de pessoal, valorização e desenvolvimento profissional;

- Transparência pública e controle social na construção de políticas de saúde e garantia de direitos;

- Assistência farmacêutica: promoção do uso racional e o acesso aos medicamentos e insumos essenciais.


Ainda houve um momento proporcionado feito pelo professor de Educação Física do Polo Santana, Gledson Oliveira, onde os(as) participantes fizeram movimentos de auto-percussão, que é um método de tratamento de dores e desequilíbrios no corpo que favorecem a consciência corporal e melhora a vitalidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário