sexta-feira, 2 de agosto de 2019

Fiscalização faz formação voltada para elaboração de relatórios


       A Comissão de Fiscalização do CMS-Recife promoveu, no dia 30 de julho, um momento de formação para representantes das comissões de Fiscalização dos Conselhos Distritais de Saúde (CDS) do Recife. Sendo em tempo integral, a formação tratou sobre como a comissão pode ter um olhar mais amplo e direcionado quanto ao atendimento Odontológico na Atenção Primária e nos Centros de Especialidades Odontológicas (CEO), e também sobre o novo modelo de relatório das visitas que a comissão rotineiramente realiza.
       Recepcionados(as) pela coordenadora da Fiscalização do CMS-Recife, Janaína Brandão, os(as) participantes da formação puderam ouvir sobre a finalidade do encontro. “Desde 2017 o Conselho vem trabalhando na confecção dos relatórios das fiscalizações, mas ainda percebemos que era necessário ter uma uniformização e, por isso, a comissão viu a necessidade de ter esse encontro para implementar um relatório padrão”, conta Janaína. “Esse encontro é justamente para chamar atenção das comissões de fiscalização dos Conselhos Distritais para que eles tenham um maior envolvimento na construção desses relatórios e assim ter um maior êxito”, continua. O novo modelo de relatório traz consigo um olhar mais detalhado e diferenciado no que se refere a política de saúde. “Enquanto conselheiros, é preciso ampliar o nosso olhar para a política de saúde. onde se faz necessário saber como as ações são aplicadas e se funcionam em sua totalidade”, conclui Janaína.
       Por essa razão, as residentes de Odontologia em Saúde Coletiva, Ana Cláudia Queiroz Monteiro e Amanda Chaves foram convidadas para reapresentar os pontos importantes aos Conselhos Distritais em relação a Política de Saúde Bucal, onde os(as) conselheiros(as) entenderam melhor sobre essa política e terão embasamento para perceber se a oferta do serviço está de acordo com as portarias vigentes.

       "A Capacitação sobre o CEO e a Atenção básica com o foco na Odontologia pode ajudar os conselheiros no nível distrital a aperfeiçoar os relatórios, vendo fatores como biossegurança, saúde do trabalhador e optimização do processo de trabalho", explica Amanda. "É importante ampliar a visão para a odontologia nas fiscalizações, pois, como sua implantação é recente no SUS existe muita demanda reprimida e então é preciso se lutar pela universalidade do acesso, um dos preceitos garantido pela constituição", conclui.
           Ainda sobre o assunto, os participantes da formação ainda tiveram um momento com a conselheira Priscila Albuquerque que trouxe um pouco da sua vivência enquanto profissional dentista da rede e representante do Controle Social.
      Para a conselheira do CDS V, Rubenita Ferreira, este foi um momento muito gratificante. “O Conselho quis mostrar que além do espaço físico, precisamos ter o conhecimento das políticas. A importância de saber sobre os procedimentos, as práticas de limpeza, a organização e tudo que estiver relacionado a saúde bucal”, disse.
       Em continuidade ao conteúdo programático da formação para as Comissões de Fiscalização dos Conselhos Distritais de Saúde do Recife, os participantes do encontro acompanharam as dicas do assessor de Comunicação do CMS-Recife, Carlos Diego Lins, que apresentou o novo modelo de Relatório das visitas de Fiscalização nas Unidades de Saúde da rede Municipal. “Preparamos para os participantes dessa formação uma dinâmica que os ajudarão a colocar em prática o que foi explicado anteriormente. Eles tiveram a oportunidade de construir um relatório usando todas as ferramentas disponíveis de adequação que a Comissão de Fiscalização do CMS-Recife solicita”, explica Diego.
         O conselheiro do CDS IV, Edilton Assis, falou um pouco da experiência na construção do relatório. “Achei esse novo modelo muito direto e bem específico. Mas é muito importante para a comissão ter uma nova forma de falar, de forma mais técnica e apresentar um melhor produto”, afirma.
       Já a secretária-Executiva do CDS I, Iêda Moura, ressaltou que esses momentos devem se tornar permanentes e aproveitou a oportunidade para elogiar a Fiscalização do CMS-Recife. “Foi um excelente trabalho de integração com os Conselhos Distritais, pois, assim, as comissões de fiscalização farão um trabalho mais estruturado”, disse. “Espero que outros momentos como esse aconteçam com outras políticas para que os conselheiros mantenham o olhar mais amplo quando foram visitar as Unidades de Saúde”, finaliza.
Representantes da Fiscalização do CDS I
Representantes da Fiscalização do CDS II
Representantes da Fiscalização do CDS III
Representantes da Fiscalização do CDS IV
Representantes da Fiscalização do CDS VI
Representantes da Fiscalização do CDS VII
Representantes da Fiscalização do CDS VIII

Nenhum comentário:

Postar um comentário