quinta-feira, 13 de julho de 2017

13a Conferência: DS V e DS III realizam mais etapas microrregionais


Microrregional 5.1

          O Distrito Sanitário V iniciou, no último dia 11, a sua primeira Plenária Microrregional da 13a Conferência Municipal de Saúde do Recife. Contemplando os moradores dos bairros de Afogados, Bongi, Mangueira, Mustardinha e San Martin, a plenária teve como objetivo discutir sobre a saúde local e elevar propostas que possam ajudar na melhoria da rede de Saúde do Recife.
        A conselheira Sônia Pinto, representante do CMS-Recife na mesa de abertura, falou da importância dessa etapa da conferência. "É um espaço de debate para avaliar a situação de saúde de cada território do nosso município e propor diretrizes para formulação da Política de Saúde que queremos", disse. "Mas também é um momento de provocar os gestores para que nos digam em que avançaram e quais serviços de saúde que são ofertados para a sociedade melhoraram", finalizou fazendo uma provocação a plenária.
         A vice-coordenadora do CMS-Recife, Keila Tavares, fez uma apresentação sobre os Conselhos de Saúde, onde exemplificou as ações e características desses órgãos colegiados de Controle Social.
        Ainda dentro da programação da Plenária, a gerente do Distrito Sanitário V, Lígia Lima, faz uma apresentação situacional do território, onde mostrou os perfis encontrados no Recife e como funciona a rede de saúde.
       A plenária foi levada ao debate, onde os usuários e trabalhadores expuseram suas problemáticas. Problemas estruturais, falta de medicamentos e insumos, a exemplo das luvas, melhora na dispersão dos exames e pedidos de requalificação na unidade da Mustardinha estavam entre as reivindicações.
      Ao final, aconteceu a votação para os (as) pré-delegados (as), no qual 08 trabalhadores (as) e 18 usuários (as) foram eleitos por aclamação (sem haver necessidade de votação).
Pré-delegados (as) eleitos (as) pelo segmento Trabalhador
Pré-delegados (as) eleitos (as) pelo segmento Usuário




 Microrregional 3.3


         Na noite da última quarta-feira, 12, o Distrito Sanitário (DS) III finalizou a etapa de Microrregional da 13ª Conferência Municipal de Saúde do Recife. Contando com moradores dos bairros de Brejo da Guabiraba, Córrego do Jenipapo, Guabiraba, Macaxeira e Pau-Ferro, a microrregião 3.3 reuniu cerca de 90 participantes que contribuíram com o processo de debate da plenária.
         A conselheira Marise Matwijszyn, representante do CMS-Recife na mesa de abertura, falou do momento delicado que o SUS passa e parabenizou a todos os presentes. "Temos que ter um fio de esperança para lutar pelo SUS, pela sobrevivência dele e pelos avanços das políticas de saúde", disse a conselheira. "Este é um espaço legítimo, onde todas as ideias que serão colocadas nesta plenária representam a necessidade e interesse de toda uma comunidade", finaliza.
        A vice-coordenadora do CMS-Recife, Keila Tavares, também está presente na plenária e fez uma apresentação do Controle Social mostrando como funcionam os Conselhos de Saúde.
         Fazendo uma apresentação situacional do Distrito Sanitário III, Lara Hazin, gerente do DS mostrou o compromisso da gestão em ampliar e requalificar as unidades presentes na rede de saúde, além de exemplificar como a atenção básica atua dentro das unidades de saúde.
          Após esse momento, a plenária foi convidada a expor seus pontos de vista acerca da funcionalidade do sistema de saúde do município, elencando problemas, angústias e questionamentos sobre a rede de Saúde.
          Ao final, a microrregional 3.3 elegeu 12 pré-delegados (as) pelo segmento Usuário e 06 pré-delegados (as) pelo segmento Trabalhador. Agora, o Distrito espera pela sua fase Distrital que acontecerá no dia 9 de Outubro, na Escola Dom Bosco, em Casa Amarela.
Pré-delegados (as) eleitos (as) pelo segmento Usuário
Pré-delegados (as) eleitos (as) pelo segmento Trabalhador

Nenhum comentário:

Postar um comentário