quarta-feira, 25 de março de 2015

12ª Conferência: Moradores da Microrregional 3.2 participaram de plenária

    Seguindo o cronograma da 12ª Conferência Municipal de Saúde do Recife, o Distrito Sanitário III/VII realizou, na noite de ontem, terça-feira (24), mais uma plenária Microrregional. Atendendo aos bairros de Alto José Bonifácio, José do Pinho, Mangabeira, Morro da Conceição e Vasco da Gama, a micro 3.2 teve a participação de 163 moradores, entre usuários e trabalhadores, das localidades acima citadas.
    Após uma apresentação lúdica com a dupla Mateus e Caterina mostrando a importância desse espaço de discussão da política local de saúde, a mesa de abertura foi composta e, entre os convidados, estavam o coordenador do CMS-Recife, Oscar Correia, o conselho Distrital pelo segmento Trabalhador, Nadilson Galindo, a gerente do Distrito Sanitário III, Lara Hazin, a gerente do Distrito Sanitário VII, Ana Sofia e a representante da Gerência Geral de Planejamento da Secretaria de Saúde, Gorete Teles.
Mesa de Abertura teve a presença do coordenador do CMS-recife, Oscar Correia
    Em uma breve apresentação, Ana Sofia mostrou um diagnóstico situacional do território no qual mostrou um panorama de gestão dos profissionais locados na micro 3.2, a exemplo de 137 ACS (Agentes Comunitários de Saúde), 36 ASACES (Agentes de Saúde Ambiental e Controle de Endemias), além de auxiliares de enfermagem, nutricionistas, médicos, entre outros profissionais.
Ana Sofia fez apresentação situacional do território com ênfase na micro 3.2
    O debate foi aberto a plenária, onde os participantes puderam externar suas opiniões elencando suas queixas acerca do serviço ofertado pela secretaria de saúde. Pontos como: os ACS que não realizam seu trabalho devidamente e uma solicitação de uma cartilha destinada a população para acompanhar o andamento da ações dos profissionais, foram apresentadas pelos usuários.
    A gerente do DS, Ana Sofia, ressaltou que existem ótimos profissionais trabalhando na área e que o distrito está em análise de uma formação para que os ACS desenvolvam seu trabalho na sua totalidade. A respeito da proposta da cartilha, Ana Sofia achou uma ótima ideia e que seria uma questão de análise para saber como ofertar a população.
    Por fim, houve as eleições dos pré-delegados que irão à etapa Distrital. Foram eleitos 18 Usuários e 09 Trabalhadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário