quarta-feira, 18 de março de 2015

12ª Conferência: Planária da Microrregional 3.1 aconteceu no Sítio da Trindade

Cerca de 60 pessoas compareceram a Microrregional 3.1
     Sítio da Trindade. Esse foi o local escolhido para a realização da primeira etapa da 12ª Conferência Municipal de Saúde do Recife, ontem, terça-feira, 17. Marcada para começar às 19hs, os moradores da Microrregional 3.1 (Aflitos, Alto do Mandú, Apipucos, Casa Amarela, Casa Forte, Derby, Dois Irmãos, Espinheiro, Graças, Jaqueira, Monteiro, Parnamirim, Poço da Panela, Santana, Sítio dos Pintos, Tamarineira, Córrego da Fortuna e Sítio São Braz), entre usuários e trabalhadores, puderam avaliar a saúde local e levantar propostas para a melhoria do sistema de saúde.
Apresentação cultural mostrando a importância do combate a dengue
   Após uma apresentação cultural do grupo "Educantoche", dos educadores populares em saúde do Distrito Sanitário (DS) III - que falou da importância do combate a dengue, o evento teve sua abertura feita com a apresentação da mesa, que, entre os convidados, estavam a vice-coordenadora do CMS-Recife, Janaína Brandão, o Coordenador do Conselho Distrital, Luciano Lopes, a secretária executiva de Coordenação Geral, Joanna Freire, a gerente do Distrito III, Lara Hazin, a gerante do Distrito VII, Ana Sofia, o gerente de planejamento da Secretaria de Saúde, Paulo Roberto e o coordenador do Recife Participa da RPA 3, Maurílio Muniz.
Janaína Brandão dando as boas vindas aos participantes da plenária 3.1
A gerente do Distrito III, Lara Hazin, apresentou o diagnóstico do distrito. 
    Iniciando com uma apresentação situacional do distrito, Lara mostrou a nova territorialização do DS, apresentou a estrutura de saúde dentro do território e falou um pouco sobre o Plano de Governo do Recife como, por exemplo, do nosso sistema de regulação, apresentando o fluxograma do agendamento que é utilizado nas unidades da saúde da família para atendimentos especializados.
     Após esse primeiro contato com o público, a gerente levou a plenária ao debate onde queixas, pedidos e propostas foram lançadas pelos presentes. O usuário e conselheiro distrital III, João José, falou da importância de interagir com a população dialogando sobre a saúde em rodas de conversas, fóruns ou quaisquer instrumentos para fortalecer o controle social.
    Além disso, ocorreu também a eleição dos pré-delegados da micro, na qual foram eleitos 11 usuários e cinco trabalhadores.
     





Nenhum comentário:

Postar um comentário