terça-feira, 17 de março de 2015

Comissão Organizadora da 12ª Conferência realiza primeira reunião


     A Comissão Organizadora da 12ª Conferência Municipal de Saúde do Recife, instituída na última reunião Extraordinária (12/03), se reuniu pela primeira vez na tarde de ontem, segunda-feira, 16, para debater a identidade visual da conferência e escolher a coordenação da comissão.
     Uma demanda repassada pela comissão de Comunicação, que avaliou e adequou os primeiros modelos da identidade visual, ao conselheiros e conselheiras contemplaram a proposta apresentada pela conselheira Angélica Araújo, coordenadora da Comissão de Comunicação e logo, se iniciou o debate.
     Todos os membros da comissão organizadora deram suas contribuições, fazendo um exercício enriquecedor de idéias, reforçando os detalhes contidos na peça publicitária que foi apresentada. Ao final, a identidade visual da 12ª Conferência Municipal de Saúde do Recife foi aprovada por unanimidade.



O Conceito:

     Tendo como base o tema da 12ª Conferência Municipal de Saúde do Recife - “Saúde Pública de Qualidade no Recife: Direito de Todos e Todas e Dever do Estado”, a identidade visual foi pensada a partir das singularidades presentes no tema.
     Quando é trazido o termo - “Saúde Pública” - estamos reafirmando que a política de saúde pertence ao povo, que ela é pública e estatal. A palavra “Qualidade” nos remete a melhorias no acesso, nos serviços, na humanização, na qualificação dos profissionais, na infraestrutura, e, claro, a uma gestão comprometida no cuidado com os recursos públicos e com a melhoria da qualidade de vida das pessoas.
     Nossa busca é unir, integrar e incluir todas as populações existentes dentro do território de saúde do Recife, levando em conta a diversidade e desigualdade da sociedade e considerando os segmentos, raças, etnias, credos, deficiências e identidades sexuais. E isso pode ser evidenciado no "Todos e Todas".
     Quando falamos em - “Direito” e “Estado” - estamos garantindo os cinco princípios básicos do SUS, são eles: Universalidade, Integralidade, Equidade, Descentralização e Participação Social. Além de considerar e ratificar o art. 196 da Constituição Federal, demonstrando que a responsabilidade com o SUS é da União, Estados, municípios e, claro, da sociedade civil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário