quarta-feira, 8 de abril de 2015

Projeto PET Redes apresenta relatório parcial

    Em reunião da Comissão Executiva, realizada na tarde da última, segunda-feira, 06, representantes do Programa de Educação pelo trabalho para a saúde Redes de Atenção, o chamado Projeto PET Redes, apresentaram o relatório parcial do programa.
    Desenvolvido por professoras da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e em pleno desenvolvimento desde 2013, o projeto tem como premissa dar continuidade a expansão das atividades de formação de profissionais de saúde e de educação permanente, ratificando o compromisso da universidade pública com o SUS.
A professora e tutora, Ilka Falcão, apresentou parte do relatório parcial do PET Redes
    As tutoras do projeto, Ilka Falcão, Cinthia Vasconcelos e Mirela Rodrigues, que encabeçam o projeto nos Distritos Sanitários (DS) I, IV e V, respectivamente, mostraram os benefícios que o programa apresenta, que são a relação ensino-serviço; a prestação de serviços a população; uma educação permanente dos profissionais; e a formação de profissionais para o SUS.
    O PET Redes tem seu término no mês de agosto e as tutoras irão apresentar o resultado final ao plenário do CMS-Recife em outubro.


O projeto:

O PET Redes é dividido em três grupos compostos por um Tutor (professor/UFPE), seis Preceptores (profissionais de saúde) e 12 estudantes (selecionados de 13 cursos da área de saúde: Biomedicina, Ciências Biológicas, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Nutrição, Odontologia, Psicologia, Serviço Social e Terapia Ocupacional).

Cada grupo trabalha uma temática.

Grupo 1 - realizado no Centro de Reabilitação no DS I, desenvolve  atividades de promoção e educação em saúde para troca de conhecimento e ampliação de novas formas de cuidado, envolvendo os profissionais, os estudantes e os usuários do Centro de Reabilitação.
Grupo 2 - realizado no DS V, faz o acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança com a perspectiva de criar uma estratégia para fortalecer a Rede Cegonha na cidade do Recife.
Grupo 3 - realizado no DS IV, traz a proposta de acompanhar e cuidar os adolescentes com deficiência, levando uma estratégia para inserção social e cuidado ao cuidador. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário