quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

CMS-Recife entrará em recesso

       Em determinação ao que foi deliberado no pleno do Conselho Municipal de Saúde (CMS) do Recife, na 315a Reunião Ordinária, realizada em 19 de Dezembro de 2017, o recesso das atividades do CMS-Recife começa nesta quinta-feira, 22, e segue até o dia 04 de janeiro de 2018.
       A Secretaria Executiva do CMS-Recife retornará suas atividades no dia 05 de Janeiro 2018 para atividades internas e também para recebimento de consultas, documentos e atendimentos telefônicos e/ou por e-mail. A volta das atividades das comissões deste colegiado será no dia 08 de janeiro de 2018 com a primeira reunião da Comissão Executiva.

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Plenário aprova Regimento Eleitoral para composição do colegiado 2018-2020

        Foi aprovado, na tarde de ontem, quinta-feira, 12, o Regimento Eleitoral que norteará o processo de escolha do novo colegiado do CMS-Recife para o biênio 2018-2020. Sendo um dos pontos de pauta da 315ª Reunião Ordinária do Conselho, a referida aprovação foi a consolidação das discussões da Comissão Eleitoral que reuniu para fazer as adaptações necessárias no documento que foi adotado para realização das eleições do atual colegiado (biênio 2016-2018) e que também serve de parâmetro para as eleições dos Conselhos de Unidade em todos os Distritos Sanitários. O regimento foi apresentado pela conselheira e membro da Comissão Eleitoral, Juliana Cesar. 
     Além disso, o colegiado também aprovou o Edital de Convocação das Eleições que acontece no dia 20 de Março de 2018, tendo o início das inscrições no dia 08 de Janeiro de 2018. Agora, o CMS-Recife enviará o Regimento Eleitoral para publicação em Diário Oficial.
        Sendo a última sessão plenária do CMS-Recife em 2017, o conselho contou com a presença do secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, que veio deixou sua mensagem de final de ano. "[Vim] dizer da imensa alegria em fazer parte deste conselho que é tão participativo e aguerrido na luta em defesa do SUS na nossa cidade", exalta, expressando a gratidão a todos(as) os(as) conselheiros(as) que, assim como Jailson, integram o CMS-Recife.
        O secretário também aproveitou a oportunidade para dizer que 2018 não será um ano fácil. "Estamos vivenciando vários ataques e acredito que isso continuará em 2018, mas temos e precisamos nos manter unidos e não deixar a esperança morrer", finaliza.
     Embora esteja ausente de suas atividades no CMS-Recife por recomendações médicas, a coordenadora do CMS-Recife, Janaína Brandão, enviou sua mensagem ao colegiado. "Hoje o momento é de agradecimento pelas conquistas alcançadas com o fortalecimento notório desta instituição tão importante para a sociedade Recifense", disse. "Reforço o compromisso com o coletivo em defesa da vida e de um Sistema de Saúde público e de qualidade para todas as pessoas", finaliza.
       Outro ponto dentro da pauta 315ª Reunião Ordinária foram as apresentações das ações das Comissões Permanentes do Conselho. Nesse momento, todo o colegiado pode acompanhar quais ações foram alcanças, quais ficaram abaixo da média e quais serão os desafios para o próximo ano, além de acompanhar o balaço geral da Secretaria Executiva do Conselho.
O conselheiro Isaac Machado fez um relato da importância em participar dos Comitês de Ética e Pesquisa
O conselheiro Cristiano Nascimento apresentou o relatório da Comissão de Fsicalização
O conselheiro José Ribeiro apresentou o relatório da Comissão da CISTT
A conselheira Sônia Pinto apresentou o relatório da Comissão de Comunicação
A conselheira Vera Lúcia apresentou o relatório da Comissão de Ética
A conselheira Rivânia Rodrigues apresentou o relatório da Comissão de Educação Permanente
A conselheira Lorena Raia apresentou o relatório da Comissão Temporária das PICs
O conselheiro Oscar Correia apresentou os relatórios das Comissões de Articulação e de Planejamento e Orçamento
O conselheiro Dilermano Brito mostrou, de forma sucinta, os gastos do Controle Social para este ano. 
O secretário-Executivo do CMS-Recife, Romildo Cândido, apresentou o balanço anual das atividades do Conselho
O assessor de Comunicação e Imprensa do CMS-Recife, Carlos Diego Lins, mostrou os dados referentes as peças comunicacionais do Conselho (Blog e Facebook).
      Ainda houve a votação para escolha dos representantes do CMSno Fórum Social Mundial 2018, que esse ano será realizado em Salvador/BA, saindo do eixo sul do país.
     Finalizando a plenária, a vice-coordenadora do CMS, Keila Tavares, aproveitou o momento para ressaltar o ano significativo que o colegiado teve. "Quero agradecer o empenho dos conselheiros e conselheiras que, ao longo deste ano, tivemos êxitos nas nossas principais ações planejadas para 2017, sobretudo a 13a Conferência Municipal de Saúde e isso é muito importante destacar", relembra. "Espero que o ano que vem seja tão ou mais produtivo e gratificante como 2017 foi", finaliza.
      O Conselho entrará de recesso a partir do dia 22 de dezembro voltando com suas atividades no dia 05 de Janeiro de 2018.

CMS-Recife pleneja ações para 2018

       No dia 14/12, o CMS-Recife foi palco do Planejamento Estratégico para o ano de 2018. Reunindo conselheiros(as) municipais, distritais, representantes da Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (CISTT) e representantes da Gerência Geral de Planejamento, Orçamento e Informação (GGPOI) da Secretaria de Saúde, o encontro serviu para avaliar as ações que foram previstas para o ano de 2017, reprogramar algumas ações e traçar as metas que serão inseridas na Programação Anual de Saúde (PAS) 2018.
     De forma bem dinâmica, os participantes do planejamento discutiram a metodologia de trabalho, onde o grande grupo iniciou a discussão das ações para o PAS 2018. No período da tarde, os(as) conselheiros(as) foram divididos em grupos para maximizar os trabalhos: 1 – Comissão Executiva, Comissão de Planejamento e Orçamento e Secretaria Executiva; 2 – Comissão de Comunicação, Comissão de Educação Permanente e Comissão de Ética; 3 – Comissão de Articulação e Comissão de Fiscalização; e o 4 - CIST-Recife.
Grupo 1 - Comissão Executiva, Comissão de Planejamento e Orçamento e Secretaria Executiva
Grupo 2 - Comissão de Comunicação, Comissão de Educação Permanente e Comissão de Ética
Grupo 3 - Comissão de Fiscalização e Comissão de Articulação.
Grupo 4 - Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora(CISTT)
      Agora, a GGPOI fará a sistematização do documento, onde o consolidado será enviado ao plenário do CMS-Recife para aprovação e, posteriormente, será encaminhado para publicação em Diário Oficial do Município.

Conselho marca presença no IV Encontro Macrorregional das CISTT

       Entre os dias 28 e 30 de Novembro, deste ano, aconteceu o VI Encontro Macrorregional Nordeste em Saúde do Trabalhador e Trabalhadora. Realizado na Faculdade Salesiano, no bairro da Boa Vista, o encontro contou com a participação do conselheiro e coordenador da Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (CISTT) do Recife, José Ribeiro, além da conselheira Municipal Micheline Moraes, e da conselheira Distrital do Distrito Sanitário IV, Niedja Assunção.

       O encontro, que acontece a cada dois anos, promove discussões entre os representantes de nove estados da Região Nordeste a fim de contribuir para o avanço e consolidação da Política de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora. Puderam participar coordenadores e gerentes estaduais de saúde, membros dos Centros de Referência em Saúde, CEREST, e membros de Comissões Intersetoriais em Saúde do Trabalhador e Trabalhadora, CISTT.

       A abertura oficial contou com duas palestras, uma sobre o “Cenário Nacional da Vigilância em Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora” que foi ministrada pela analista de Políticas Sociais da Coordenação geral de Saúde do Trabalhador do Mato Grosso do Sul, Élem Sampaio.

     A diretora de Vigilância e Atenção Saúde do Trabalhador e Trabalhadora da Bahia, Letícia Nobre, ministrou a palestra sobre as “Mudanças no mundo do trabalhador e suas repercussões na RENAST e na atenção a saúde de trabalhadores e trabalhadoras”. Cada palestra teve duração de trinta minutos.

          No segundo dia do encontro, os participantes puderam contar com o debate sobre a RENAST: Trajetória, desafios e perspectivas, mediados pelo debatedor, Marco Perez, coordenador de saúde do trabalhador de Campinas/SP e a representante da CUT de Pernambuco, Lindinere Ferreira. O moderador foi o técnico do CEREST Estadual de Pernambuco, Paulo Lira.
         Participando pela terceira vez deste evento, o representante do CMS-Recife, José Ribeiro enfatizou a importância da presença do Professor da Universidade de Campinas, Marco Perez. Além disso, ressaltou também a qualidade do evento. “O debate e os painéis foram muito bons, o conteúdo proposto e a troca de experiências foi excelente”, disse.
         No dia do encerramento foi feita a apresentação dos trabalhos mais votados por eixo, pela Técnica do Cerest Estadual de Pernambuco, Tathiane Sá.


quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Fiscalização faz balanço das visitas realizadas em 2017

      Em sua segunda reunião com representantes dos Conselhos Distritais de Saúde (CDS), a Comissão de Fiscalização do CMS-Recife retomou a discutir sobre a pactuação de um trabalho mais integrado e uniforme na realização das ações pertinente a esta comissão. Realizada na manhã de ontem, terça-feira, 12, a reunião foi marcada pela devolutiva dos relatórios das visitas que as comissões de fiscalização dos oito CDS fizeram ao longo de 2017.
     Nesse sentindo, foi verificado que foram visitadas 95 Unidades de Saúde, entre rede própria e conveniada, ao longo deste ano (levando em consideração as visitas feitas pelo CMS e pelos CDS). Esse número supera, inclusive, o número previsto para 2017 que era de 80. “Estamos felizes, pois conseguimos ir além do que está programado no nosso planejamento e fomos a mais unidades”, disse a coordenadora da Fiscalização do CMS-Recife, Lucelena Cândido.
     Como encaminhamentos, ficou acordado que em 2018 haverá reuniões sistemáticas trimestrais para acompanhamento das demandas e monitoramento das ações das comissões de Fiscalização dos Conselhos de Saúde. Além disso, alguns pedidos para melhorar o funcionamento das comissões serão inseridos no planejamento estratégico de 2018.

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Comissão elabora Regimento Eleitoral para novo colegiado do CMS-Recife biênio 2018/2020

       Nesta quinta-feira (07), membros da Comissão Eleitoral que conduzirá a eleição do novo colegiado biênio 2018/2020 do Conselho Municipal de Saúde (CMS) do Recife, estiveram reunidos para discutir sobre o Regimento Eleitoral que norteará todo o processo de escolha dos/as próximos/as representantes do Controle Social na capital pernambucana.
     Instituída na 313ª Reunião Ordinária, realizada em outubro, a Comissão fez uma adaptação no Regimento Eleitoral que foi adotado para realização das eleições do atual colegiado (biênio 2016-2018). Essas adaptações asseguram o propósito de manter o processo mais transparente, direto e democrático, fazendo com que cada segmento se articule entre sim e tenham uma maior participação dentro do processo.
      Como encaminhamento, a comissão enviou o documento para a Comissão Executiva, onde aproveita a oportunidade e solicita que seja ponto de pauta para a próxima Reunião Ordinária do CMS-Recife, programada para o dia 19 de dezembro.
    Na ocasião, a vice-coordenadora do CMS-Recife, Keila Tavares, o secretário-executivo, Romildo Cândido, e o assessor de comunicação, Carlos Diego Lins, participaram da reunião.



Comissão Eleitoral

Integram a Comissão, os (as) conselheiros (as):


José Ribeiro - segmento Trabalhador
Juliana Cesar - segmento Usuário
Kamila Matos - segmento Gestor
Lucelena Cândido - segmento Usuário
Oscar Correia - segmento Usuário
Rivânia Rodrigues - segmento Usuário
Sebastiana Maria - segmento Usuário

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Plenário aprova RAG 2016

      O colegiado do CMS-Recife esteve reunido na tarde da última quinta-feira, 30, para realização da sua 314ª Reunião Ordinária. Tendo uma pauta puramente administrativa, os conselheiros e conselheiras fizeram a leitura do Parecer do Relatório Anual de Gestão (RAG) 2016, que foi elaborado pelo Grupo de Trabalho (GT) que se debruçou nesse instrumento de gestão que apresenta os resultados alcançados com a execução da Programação Anual de Saúde (PAS), apurados com base no conjunto de ações, metas e indicadores que foram programadas para o ano passado.
Mesa coordenadora do plenário do CMS-Recife
     Ao todo foram mais de 10 encontros, onde o GT pode fazer parte do processo de discussão e qualificação do RAG 2016, onde elaboraram recomendações que irão aprimorar e orientar a atuação do Conselho, a exemplo da construção de uma nova sede para o PNI Central; do fortalecimento da Promoção à Saúde da população através da melhoria da qualidade de vida das pessoas implantando novos polos do PAC; da ampliação dos números dos CAPS e a continuidade dos processos de transformação dos CAPS tipo II em CAPS tipo III (24h); da garantia contínua de medicamentos da cesta básica na rede Municipal de Saúde, incluindo os de uso controlado para a assistência a Saúde Mental; entre outros.
      Após a leitura do Parecer, o colegiado pediu esclarecimentos acerca de alguns pontos, o que foi prontamente atendido. Ao final, os conselheiros (as) aprovaram o documento que deverá ser publicado em Diário Oficial do Município e disponibilizado, posteriormente, no blog do Conselho.
     Por fim, o colegiado referendou os nomes dos sete conselheiros (as) que acompanharão as eleições para escolha do próximo colegiado do CMS-Recife biênio 2018-2020, além de compor algumas vacâncias das comissões permanentes do CMS e da Comissão Eleitoral para Conselhos de Unidade do Distrito Sanitário VIII.