sexta-feira, 28 de maio de 2021

CMS-Recife elege nova coordenação

 

"[Meu propósito será] O fortalecimento da representatividade coletiva e individual, estimulando a participação nos espaços de conselhos de saúde no nosso município, através da Educação Permanente e Articulação comunitária como base". Foi com esse discurso que o conselheiro Oscar Correia, do segmento Usuário, representante da entidade Instituto Brasileiro Pró-Cidadania, foi eleito coordenador do Conselho Municipal de Saúde (CMS) do Recife para o biênio 2021-2023.

"Na minha projeção, tudo que for ampliar o conhecimento e melhorar nossa capacidade enquanto colegiado, devemos seguir juntos para fazer o melhor", continuou Oscar, num discurso empoderador e de esperança para os diversos desafios que o colegiado enfrentará nesses dois anos de mandato.

Essa não é a primeira vez que o conselheiro assume a coordenação do CMS. No biênio 2014-2016, Oscar já havia sido eleito para ficar a frente do Conselho. "Mais uma vez estou concorrendo a vaga de coordenador dessa casa, que só me honra e me enche de orgulho pela sua luta e pela sua história, pois o CMS-Recife é um dos conselhos municipais mais atuante e estruturado do Brasil", enaltece o conselheiro, agora coordenador.

Conforme orienta do Regimento Interno do CMS-Recife, a coordenação desse colegiado obedece o sistema de rodízio entre os segmentos para assim, garantir a representatividade dos Usuários, Trabalhadores e Gestores/Prestadores na coordenação do Conselho.

Para comandar o CMS junto com Oscar, a conselheira Janaína Brandão, segmento Gestor, representante da Secretaria de Saúde do Recife, foi aclamada para o cargo de vice-coordenadora. "Coloco-me a disposição não só como vice-coordenadora, mas também como trabalhadora, no sentido de facilitar as demandas do CMS junto a secretaria de saúde", ressalta.

Janaína conta quais são as expectativas para essa nova coordenação. "O novo colegiado será submetido a novos modelos e processos de trabalho, precisando se reinventar a todo instante. O colegiado será desafiado o tempo todo. E nessa caminhada democrática e coletiva, me coloco com participe daqueles que resistem e defendem o direito a saúde, como defesa da vida", conta.

Apoiar o fortalecimento dos espaços de conselho; Participar e contribuir com os processos de construção coletiva que são planejados e deliberados pelo colegiado; Apoiar e facilitar o diálogo entre o colegiado e SESAU, nas demandas que são prioridades do colegiado; Apoiar e facilitar a parceria na construção de um plano educação permanente para os espaços de conselho, com intuito de fortalecer e qualificar a participação social nos conselhos de saúde da cidade do Recife, também figuram alguns pontos observados pela vice-coordenadora para o exercício desse novo colegiado.

A conselheira Elzanira da Silva, que também concorria a vaga de coordenadora, deixou uma mensagem de apoio ao novo coordenador. "Espero que ele seja transparente e que realmente traga o Controle Social para dentro das comunidades e que consiga fazer um trabalho excelente enquanto representante dos usuários", disse. "É preciso estar junto para que as reivindicações cheguem na ponta", conclui.

Agora, devidamente eleitos, a nova coordenação terá alguns desafios pela frente, como discutir, junto ao colegiado, novas formas de trabalho para executar as ações do Conselho para esse ano, a exemplo da realização da 15ª Conferência Municipal de Saúde do Recife e das eleições dos Conselhos Distritais de Saúde.

sexta-feira, 21 de maio de 2021

GT do RAG continua as discussões das ações realizadas pela Sesau em 2020



Em seu segundo encontro, o Grupo de Trabalho (GT) do Relatório Anual de Gestão (RAG) 2020 esteve reunido durante a tarde da última quarta-feira, 19, para dar continuidade as discussões referente as ações realizadas pela gestão ao longo do ano passado.

Dessa vez, os membros do GT analisaram as metas e indicadores da Diretoria Executiva de Atenção Básica e Gestão Distrital (DEABGD). Além da DEABGD, o grupo já havia finalizado, no dia 12/05, as análises referentes ao CMS, a Diretoria Executiva de Vigilância em Saúde e da Diretoria Executiva de Administração e Finanças.

A próxima reunião será no dia 26/05, onde analisarão as ações da Diretoria Executiva de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde (DEGESTES), do Planejamento e da Gerência Geral de Tecnologia da Informação (GGTI).

Articulação define seus próximos passos

 

Após elegerem a conselheira Janaína Brandão como coordenada da Comissão de Articulação, as integrantes da referida comissão estiveram reunidas na manhã da última quarta-feira, 19, para iniciar as atividades para o biênio 2021-2023.

"Será um desafio muito grande para a comissão conseguir realizar algumas ações que estão inseridas na programação para 2021", disse Janaína. "A realização dos Fóruns Abertos, por exemplo, que tem a perspectiva de uma ação no meio de rua, levando o conselho para rua. Nesse sentido, a gente vai ter o desafio de preencher essa lacuna, desse movimento de rua, com alguma atividade especifica para que a gente consiga realizar o que foi previsto", conta, se referindo a atual situação em que Recife se encontra no combate ao novo coronavírus.

Outro ponto discutido foi a retomada das eleições dos colegiados dos Conselhos Distrais de Saúde (CDS) e também dos Conselhos de Unidade que estão vencidos ou estão prestes a vencer. "O que tem de relevante é apoiar os Conselhos de Saúde da rede nos seus processos eleitorais, pois sempre existem dúvidas, e, às vezes, pensar na alteração do formato, considerando o momento de pandemia", alerta a coordenadora da comissão.

Ao todo são sete (07) Conselhos Distritais de Saúde (CDS) que precisam renovar seus colegiados, além dos mais de 45 Conselhos de Unidade. "Uma outra grande tarefa é fomentar a necessidade de criação de outros 32 conselhos de Unidade para aumentarmos de 50 para 82 conselhos", conclui Janaína.

Ao fim da reunião, ficou acordado que representantes dos CDS participarão de uma reunião conjunta com a comissão, mas a data ainda será definida.

segunda-feira, 17 de maio de 2021

Conselho aprova GT para acompanhamento da Covid-19 em Recife

 

Foi aprovado na última quinta-feira, 13, a criação de um Grupo de Trabalho (GT) que deverá acompanhar a situação dos casos de internação relacionados à Covid-19 na capital pernambucana. Além disso, o GT também irá se debruçar nas ações de enfrentamento ao novo coronavírus e acompanhará todo o processo adotado pela Secretaria de Saúde do Recife para a vacinação.

A aprovação do GT aconteceu durante a 221ª Reunião Extraordinária, onde também foi apresentado o Processo para eleições da nova coordenação do CMS-Recife biênio 2021-2023. Nesse ponto, a conselheira Priscilla Viegas, coordenadora da Comissão Eleitoral, composta também pelas conselheiras, Juliana Ribeiro e Leonilde Cunha, apresentou o cronograma e as etapas do processo. "As inscrições começam hoje (13/05) e seguem até o dia 24 de maio. Para concorrer as vagas, os(as) candidatos(as) devem ser do segmento usuário e do segmento gestor", ressalta. Vale lembrar que o CMS-Recife está obedecendo o rodízio de representatividade dos segmentos na coordenação, conforme orienta o Regimento Interno. Para mais informações, e saber quais outros pontos acerca das eleições, clica aqui.

Convidada para apresentar quais foram as medidas tomadas por Recife para o enfrentamento à Covid-19, a secretária de Saúde do Município, Luciana Albuquerque, esteve presente na reunião e mostrou quais ações a sesau vem desenvolvendo nesse período inicial de sua gestão. "Esse é um momento importante de contextualização para que saibam como está sendo feito esse enfrentamento e quais são as decisões que estamos tomando para vacinar o maior número possível de pessoas", conta Luciana.


Ao longo do debate, Luciana foi bastante elogiada pela condução dos trabalhos nesse momento tão importante para a população que é vacinação. "Recife vem sendo copiado por outros municípios, pois temos um sistema de aplicativo que ajudou bastante no agendamento da vacina", disse o conselheiro Marcos Lira. Outro ponto positivo citado durante a reunião foi a ferramenta "Atende em Casa", um dispositivo disponibilizado para ser um canal direto de apoio emocional e também para marcação de teste para a covid-19 online (https://www.atendeemcasa.pe.gov.br/login).

A secretária mostrou toda a cronologia da aplicação das vacinas que começou no segundo semestre de Janeiro e segue a ordem de prioridades orientadas pelo Ministério da Saúde. "Estamos entrando no grupo prioritário que contempla as gestantes e puérperas, pessoas com comorbidade e pessoas com deficiência", ressalta. Sobre as grávidas e as mulheres que deram à luz há pouco tempo, Luciana explica que Recife irá atender mais de 60 municípios. "A CIB, juntamente com a secretaria de Saúde do Estado, decidiu descentralizar as vacinas da Pfizer para quatro regiões e Recife irá receber gestantes e puérperas de 62 municípios para ajudar aos municípios que não tem condições de armazenar essa vacina", conta a secretária. A decisão foi tomada após a vacina da AstraZenica não ser mais recomendada para esse grupo.

Além disso, o plenário do CMS-Recife também aprovou uma nota de posicionamento solicitando uma revisão o posicionamento do Ministério da Saúde a respeito dos profissionais de Educação Física e Médicos Veterinários que estão descobertos em relação as demais categorias no cronograma de vacinação. A decisão foi tomada após algumas falas de conselheiras que externaram sua indignação pela exclusão dessas categorias da lista de profissionais de saúde que podem receber a vacina. "Se fosse por nós, já teríamos vacinados, mas existe um ofício que impede essa aplicação", contou Luciana, "Já enviamos um documento para o Ministério da Saúde para rever essa questão. Mas, essa [exclusão] não é a nossa posição", finaliza.

sexta-feira, 14 de maio de 2021

Comissão divulga cronograma do Processo Eleitoral para coordenação do CMS-Recife biênio 2021-2023

A Comissão que acompanha o processo eleitoral do(a) próximo(a) coordenador(a) do CMS-Recife, e seu respectivo suplente, apresentou durante a 221ª Reunião Extraordinária, realizada na tarde de ontem, quinta-feira, 13, o cronograma para as eleições da coordenação do atual colegiado do Conselho.


As inscrições começaram ontem e seguem até o dia 24 de maio. Devido ao sistema de rotatividade que permite a todos os segmentos passem pela coordenação, o(a) novo(a) coordenador(a) do CMS-Recife será, prioritariamente, do segmento Usuário. Como no colegiado anterior era um representante do segmento Trabalhador que coordenava os trabalhos da casa (tendo como vice uma Usuária), nesse momento, a coordenação deve ser um(a) Usuário(a), no qual seu vice será um(a) conselheiro(a) do segmento Gestor/Prestador. Dando assim, a continuidade do ciclo.

O conselheiro ou conselheira que queira participar do processo eleitoral deve preencher um formulário online expressando sua vontade em concorrer a vaga e deve estar quite com toda a documentação junto a Secretaria-Executiva. As eleições acontecem dia 27 de maio na 349ª Reunião Ordinária deste colegiado.

O link para acesso ao formulário pode ser acessado aqui: https://bityli.com/9AfO9 .

quinta-feira, 13 de maio de 2021

Colegiado compõe Comissão Permanentes


Em sua 348ª Reunião Ordinária, ocorrida em 29 de Abril de 2021, o recém empossado colegiado do Conselho Municipal de Saúde (CMS) do Recife realizou a sua primeira plenária do biênio 2021-2023. Tendo como principal ponto de pauta a composição das Comissões Permanentes que compõe o Conselho e da Comissão Eleitoral da coordenação do CMS, a reunião também serviu para conhecer os novos conselheiros e conselheiras.

De forma remota, a reunião contou com a participação dos(as) conselheiros(as) que acompanharam as explanações do Secretário-Executivo do Conselho, Romildo Cândido, acercar da estrutura organizacional do CMS, bem como o seu funcionamento do CMS. Em uma breve apresentação, Romildo, mostrou como o Conselho é composto, quantas comissões são instituídas, quais as atribuições de cada uma delas, como se dá o funcionamento administrativo, além, de mostrar sobre as representações que o CMS possui em outros órgãos como os Comitês de Ética em Pesquisa, por exemplo.

Além disso, a gerente de planejamento e informações estratégicas da sesau, Juliana Ribeiro, também contribuiu com a apresentação, pontuando quais são os instrumentos de gestão que o CMS analisa e a importância de ter o Grupo de Trabalho (GT) do Relatório Anual de Gestão (RAG) instituído.

Após as explanações, o colegiado foi esclarecido acerca da dinâmica que envolveu a eleição para composição das comissões permanentes, dos comitês de ética e da Comissão Eleitoral que conduzirá o processo de escolha da nova coordenação do CMS-Recife.

O processo de votação para compor as comissões e comitês funcionou da seguinte forma: o(a) conselheiro(a) interessado(a) em participar de determinada comissão e/ou comitê expressava seu desejo colocando seu nome para votação.

Respeitando o princípio da paridade entre os membros integrantes de cada comissão (4 usuários, 2 Trabalhadores e 2 Gestores - totalizando 8 membros), iniciou-se as votações. As comissões que não conseguiram fechar seus componentes terão suas vacâncias decididas na próxima reunião plenária, como é o caso das Comissões de Comunicação, Ética, Educação Permanente e Articulação.

Para a composição da Comissão Eleitoral eu acompanhará a eleição da nova coordenação do CMS-Recife biênio 2021-2023, foram as conselheiras as Priscila Viegas (Trabalhadora), Leonilde Cunha (Usuária) e Juliana Ribeiro (Gestora). Vale ressaltar que esta Comissão Eleitoral é composta por uma representante de cada segmento.


Conheça os componentes das comissões:

COMUNICAÇÃO

José Felipe - Segmento Trabalhador

Antônio José - Segmento Usuário

Marcos Lira - Segmento Usuário

 

ARTICULAÇÃO

Janaína Brandão - Segmento Gestor/Prestador

Adeilza Souza - Segmento Usuário

Edineide Ferreira - Segmento Usuário

Inez Maria - Segmento Usuário

Leonilde Cunha - Segmento Usuário

 

EDUCAÇÃO PERMANENTE

Juliana Oriá - Segmento Gestor/Prestador

Carmela Alencar - Segmento Trabalhador

Priscila Viegas - Segmento Trabalhador

Elzanira Silva - Segmento Usuário

Digiane Raphaela - Segmento Usuário

José Florentino - Segmento Usuário

Bernardete Felipe - Segmento Usuário

 

ÉTICA

Izabel Fabrício - Segmento Trabalhador

Antônio José - Segmento Usuário

José Florentino - Segmento Usuário

Marcos Lira - Segmento Usuário

 

FISCALIZAÇÃO

Janaína Brandão - Segmento Gestor/Prestador

Ana Cláudia - Segmento Gestor/Prestador

Cleice Xavier - Segmento Trabalhador

Fábia Andrade - Segmento Trabalhador

Inez Maria - Segmento Usuário

Leonilde Cunha - Segmento Usuário

Maria de Fátima - Segmento Usuário

Abigail Melo - Segmento Usuário

 

PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO

Hélio Lacerda - Segmento Gestor/Prestador

Juliana Oriá - Segmento Gestor/Prestador

Liana Lisboa - Segmento Trabalhador

Priscila Viegas - Segmento Trabalhador

Carlos Freitas - Segmento Usuário

Edineide Ferreira - Segmento Usuário

Elzanira Silva - Segmento Usuário

Oscar Correia - Segmento Usuário

 

GT do RAG

Janaína Brandão - Segmento Gestor/Prestador

Juliana Ribeiro - Segmento Gestor/Prestador

Nillúzia Andrade - Segmento Trabalhador

Cleice Xavier - Segmento Trabalhador

Carmela Alencar - Segmento Trabalhador

Izabel Fabrício - Segmento Trabalhador

Inez Maria - Segmento Usuário

José Florentino - Segmento Usuário

Digiane Raphaela - Segmento Usuário

Bernardete Felipe - Segmento Usuário