sexta-feira, 29 de maio de 2015

Plenário debate Atenção Obstétrica no Recife

     Na tarde de ontem, quinta-feira, 28, o colegiado do CMS-Recife se reuniu para realização da sua 284ª Reunião Ordinária. Tendo como pauta a apresentação da Atenção Obstétrica no Recife, os conselheiros e conselheiras acompanharam os dados trazidos pela secretária Executiva de Regulação, Fernanda Casado, e pela secretária Executiva de Atenção à Saúde, Eliane Germano.
     Iniciada com a leitura da pauta e apresentação dos presentes, a reunião seguiu o protocolo e convidou a supracitada secretária para apresentação da atual situação das maternidades dentro do município do Recife. Fernanda trouxe a metodologia adotada, os valores e os quantitativos dos leitos de obstetrícia no Recife.
Fernanda Casado fez a apresentação da Atenção Obstétrica no Recife
     Foi aberto o debate, onde os/as conselheiros/as colocaram seus questionamentos. Entre as falas, o conselheiro Carlos Freitas perguntou qual o quantitativo de leitos obstétricos dentro do município e se esse número é suficiente. A secretária Executiva de Atenção à Saúde, Eliane Germano, afirmou que, nas maternidades Arnaldo Marques e Barros Lima, há 50 leitos em cada, e na maternidade Bandeira Filho, 25. Mas ressaltou que com a chegada do Hospital da Mulher, esses leitos serão consideravelmente ampliados, chegando a realizar cerca de 400 partos/mês.
Eliane Germano esclareceu o colegiado acerca da temática  da reunião plenária 
     O tema foi amplamente discutido, visto que o CMS-Recife já vem pautando essa temática nos espaços de controle social ao qual tem representatividade. É o caso do conselheiro José Ribeiro, que, na etapa de Macrorregional da 8ª Conferência Estadual de Saúde de Pernambuco, realizada em março, falou que os municípios circunvizinhos à Recife estão fechando suas maternidades acarretando superlotação nas unidades da Cidade. “Precisamos fazer uma repactuação do SUS na região metropolitana”, disse seu Ribeiro. “Precisamos fazer uma proposição para levar a conferência municipal e estadual para mostrar politicamente uma posição nossa a favor das grávidas de Recife”, finalizou.
     Ribeiro ressaltou que o Controle Social deve está dentro dessas discussões em consonância com a gestão para que criem soluções para essa problemática. Essa questão também foi um ponto alertado pelo conselheiro José Cleto, que, nas etapas de microrregionais da 12ª Conferência Municipal de Saúde do Recife já havia informado que Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e Olinda tinham fechado suas maternidades e que as mulheres do Recife estavam tendo seus bebês em outras cidades como é o caso de Vitória de Santo Antão, Palmares e Moreno devido à lotação nas maternidades locais, acarretando assim, a perca de cidadania dos bebês de mães recifenses.

      Na reunião também foi citado os dados referentes aos índices de mortes maternas de 2014, que, embora ainda não tenham sido concluídos, já há um número de casos suspeitos para esse primeiro semestre de 2015. Diante disso, o conselho se antecipou no debate e realizará uma reunião extraordinária, dia 11 de junho, onde convidará o Fórum de Mulheres de Pernambuco e do grupo Curumim, para ampliar o debate acerca dessa temática.
     Por fim, o colegiado deu continuidade à pauta e resolveu questões administrativas como vacância e informes das comissões, aprovação das ATAS 277, 278, 279 e 281 e informes gerais.

Comissão de Orçamento sob nova coordenação

     A comissão de orçamento se reuniu na última quarta-feira, 27, para dar continuidade aos trabalhos que vem sendo desenvolvido pela comissão. Nas discussões, o novo coordenador, Renê Guedes, eleito desde o dia 20, fez um resgate histórico e listou os pontos mais importantes da comissão como o regimento, o plano da comissão (planejamento 2015), o orçamento do CMS-Recife e falou das necessidades do controle social para este ano. Agora, a comissão se reunirá na próxima quinta-feira, 04, com a presença dos coordenadores dos Conselhos Distritais para debater a política da comissão e definir calendário de ações.


Roda de Conversa debate Controle Social e Participação Social

    Conselheiros e conselheiras municipais de saúde participaram de uma Roda de Conversa realizada na última sexta-feira (22). A realização do debate foi uma demanda puxada pela Comissão de Educação Permanente e tratou de questões envolvendo o Controle Social e a Participação Social. Ao longo da discussão, vários pontos foram debatidos, a exemplo da competência dos conselhos e do conhecimento dos/as conselheiros/as. A roda de conversa contou com a participação de Gustavo Dantas da Secretaria Executiva de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde (SEGTES).
      A próxima roda de conversa está marcada para o dia 12 de junho, na sede do conselho, com o tema Educação Permanente e Educação Continuada. Foram convidados Clênio Guedes e Rosinete José do CEREST, Juliana Ribeiro da SEGTES e Célia da Escola de Saúde Pública para contribuir com o debate.

terça-feira, 26 de maio de 2015

Novas turmas para capacitação sobre Saúde do Trabalhador (a)

     O Conselho Municipal de Saúde (CMS) do Recife, em parceria com a Divisão de Atenção à Saúde do Trabalhador da SEVS (CEREST & NAST), está ofertando duas novas turmas para o Curso de Saúde do Trabalhador para o Controle Social. O curso, que é uma demanda do CMS-Recife, busca o desenvolvimento e ampliação da participação ativa qualificada dos conselheiros e conselheiras expandindo seus conhecimentos acerca das políticas de saúde, em especial a política Nacional de Saúde do Trabalhador e Trabalhadora (PNSTT). A capacitação é voltada para conselheiros de saúde municipal e distrital de todos os Distritos Sanitários.
    As inscrições seguem até o dia 01 de Junho. 

Acompanhe o quadro e os links de inscrição




As inscrições podem ser feitas através do link abaixo:

- Inscrição Turma 03 - Manhã: 
- Inscrição Turma 04 - Tarde:


     As aulas acontecem no Auditório do CEREST, na Av. Visconde de Suassuna, 658, Santo Amaro. Para mais informações, ligar para 3355-1865.

segunda-feira, 25 de maio de 2015

12ª Conferência: Distritos II e V finalizam etapa Distrital

Pré-delegados/a participam da etapa Distrital do Distrito Sanitário V
    No último sábado (23), os Distritos Sanitários (DS) II e V concluíram a sua etapa Distrital da 12ª Conferência Municipal de Saúde do Recife. Realizadas nos bairros de Beberibe e Afogados, respectivamente, as plenárias tiveram como objetivo não só debater sobre o documento base, mas elencar propostas e eleger os delegados e delegadas que irão para etapa Municipal da conferência que acontece nos dias 16, 17 e 18 de junho o Centro de Convenções, em Olinda.
Participantes da Distrital II se reuniram no último sábado 
     Ocorrida no SEST/SENAT, os pré-delegados/as do DS II participaram das discussões dos oito eixos temáticos que norteiam todo o debate desta conferência. Cada participante pode contribuir na construção de diretrizes que servirão para compor o relatório final da 12ª Conferência e que serão, posteriormente, levadas as etapas Estadual e Nacional das conferências de saúde.
    Os oito eixos foram: Direito à Saúde, Garantia de Acesso e Atenção de Qualidade; Participação Social; Valorização do Trabalho e da Educação em Saúde;  Financiamento do SUS e Relação Público-Privado; Gestão do SUS e Modelos de Atenção à Saúde;  Informação, Educação e Política de Comunicação do SUS;  Ciência, Tecnologia e Inovação no SUS; e Reformas Democráticas e Populares do Estado.
Profissionais da Academia da Cidade colocaram todos para se exercitar 
    Ambas as plenárias tiveram um momento de descontração promovido pelos profissionais da Academia da Cidade. Após esse primeiro contato, os participantes conheceram a composição da mesa de abertura. Entre os convidados estavam a representante do CMS-Recife, Edileusa Maria, o representante do Conselho Distrital de Saúde do DS II, Dário Santana, a secretária Executiva de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde, Kamila Matos, o gerente do DS II, Romero Nogueira e a representante da Geral de Planejamento e Orçamento da Secretaria de Saúde, Mariana Pires.
A conselheira Edileusa Maria representou o CMS-Recife na Distrital II
    Assim como no DS II, os participantes do Distrito V também colaboraram no enriquecimento do documento base, sugerindo propostas para melhorar o sistema de saúde local, estadual e nacional, além de eleger seus delegados/as que representarão o Distrito na etapa Municipal.
    No DS V estiveram presentes o coordenador do CMS-Recife, Oscar Correia, o coordenador do Conselho Distrital de Saúde do DS V, André Cristiano, a secretária Executiva de Atenção à Saúde, Eliane Germano, a gerente do DS V, Lígia Lima, e o gerente Geral de Planejamento e Orçamento da Secretaria de Saúde, Paulo Roberto.
O coordenador do CMS-Recife, Oscar Correia, esteve presente na abertura da Distrital V
     Os respectivos gerentes dos distritos fizeram um apanhado situacional do território, mostrando o quadro funcional, a rede de serviços, as obras e requalificações das unidades.

     O secretário de Saúde, Jaílson Correia, compareceu nas duas plenárias, onde fez questão de passar em todas as salas temáticas para deixar a mensagem da importância da 12ª Conferência Municipal de Saúde e ressaltar que as propostas que saíram dos grupos servirão para a construção de um SUS melhor em todo o país.
Jaílson Correia passou em todas as salas temáticas para desejar bom trabalho
aos participantes
     Ao final, foram eleitos 49 delegados Usuários e 24 delegados Trabalhadores do DS II e 56 delegados Usuários e 24 delegados Trabalhadores no DS V.


Grupos temáticos:

 Distrital II:

Distrital V:

terça-feira, 19 de maio de 2015

Conselheiros e Conselheiras são capacitados

     Conselheiros e conselheiras municipais e distritais participaram de um curso de capacitação em Saúde do/a Trabalhador/a para o Controle Social durante todo o dia desta terça-feira, 19, no Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST). A capacitação tem como objetivo desenvolver e ampliar a participação ativa e qualificada dos conselheiros no fortalecimento do controle social e em defesa do SUS.
José Ribeiro deu as boas vindas aos participantes do curso
     Pela manhã, o conselheiro e coordenador da Comissão Intersetorial da Saúde do Trabalhador (CIST) do Recife, José Ribeiro, deu as boas vindas aos participantes e enfatizou que o curso é de suma importância para discutir as ações de saúde do trabalhador no âmbito da rede de atenção à saúde. 
     Ministrado pela coordenação da Divisão de Atenção à Saúde do Trabalhador (DAST), o curso é uma demanda do CMS-Recife e busca capacitar cerca de 130 conselheiros de saúde, entre municipais e distritais. O curso ainda explana a organização da saúde do trabalhador, de suas diretrizes e estratégias nos territórios, e busca contribuir para a transformação e qualificação das práticas dos conselhos de saúde, no que se refere ao planejamento, acompanhamento e avaliação das ações de saúde.
Clênio Guedes (CEREST/DAST) um dos organizadores da capacitação

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Dia Internacional de Combate à Homofobia

     Ontem, domingo (17), foi celebrado o Dia Internacional de Combate à Homofobia. A data, que foi instituída em 1990, foi em comemoração a exclusão do homossexualismo da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID) das Organização Mundial de Saúde (OMS) em 1990. Com o tempo, a data passou a ser o símbolo do combate à homofobia que, entre outras designações, é a antipatia, desprezo, preconceito, aversão a população LGBT através de comportamentos ligados ao assédio moral, bullying, violência física e até homicídios.
     A conselheira e representante da Articulação e Movimento para Travestis e Transexuais de Pernambuco (AMOTRANS) no CMS-Recife, Rivânia Rodrigues, falou que a data é um grande marco na luta contra a homofobia. "A data [17 de maio] veio para comemorar a saída do homossexualismo do holl de doenças há 25 anos. E como representante de um segmento, lutamos pela visibilidade dos trans e travestis para que tenham garantido o seus direitos, como o nome social inscrito no cartão SUS, por exemplo".
   O Conselho Municipal de Saúde (CMS) do Recife acompanha as atividades desenvolvidas pela coordenação da Política Municipal de Saúde Integral da População LGBT, que foi aprovada pelo colegiado e lançada em setembro do ano passado. Dentre as ações que são desenvolvidas pela coordenação da política LGBT estão oficinas voltadas aos profissionais da saúde para sensibilizar e humanizar ao atendimento dessa população. 
     Nessa perspectiva, Rivânia Rodrigues ressalta que "as capacitações são de suma importância, mas é preciso que estejamos sempre vigilantes para que todos os Distritos trabalhem em consonância com os direitos humanos". "Precisamos também criar instrumentos documentais para disponibilizar as especificidades de cada segmento, ou seja, criar um cartilha sobre lésbicas, trans, travestis, etc", conclui.
    Abaixo, está uma cartilha, produzida pela Comissão de Direitos Homoafetivos do MPPE, em parceria com diversas instituições, contento informações e os direitos da população LGBT. Vale a pena conferir.


12ª Conferência: Distritos III/VII e VI/VIII realizam etapa Distrital

     No último sábado (16), os Distritos Sanitários (DS) III/VII e VI/VIII concluíram a sua etapa Distrital da 12ª Conferência Municipal de Saúde do Recife. Realizadas nos bairros de Casa Amarela e Boa Viagem, respectivamente, as plenárias tiveram como objetivo debater sobre o documento base, elencar propostas e eleger os delegados e delegadas que irão para etapa Municipal da conferência.
Plenária VI/VIII
     Ocorrida no Centro Universitário Maurício de Nassau, unidade de Boa Viagem, os pré-delegados/as do DS VII/VIII participaram das discussões dos oito eixos temáticos que norteiam todo o debate da conferência. Cada participante escolheu o tema que mais se identifica e pode contribuir na construção de diretrizes que servirão para compor o relatório final da 12ª Conferência e que serão, posteriormente, levadas as etapas Estadual e Nacional das conferências de saúde.

     Os oito eixos foram: Direito à Saúde, Garantia de Acesso e Atenção de Qualidade; Participação Social; Valorização do Trabalho e da Educação em Saúde;  Financiamento do SUS e Relação Público-Privado; Gestão do SUS e Modelos de Atenção à Saúde;  Informação, Educação e Política de Comunicação do SUS;  Ciência, Tecnologia e Inovação no SUS; e Reformas Democráticas e Populares do Estado.
Banda Bolôlô animou os participantes do DS VI/VIII
Poeta levou um pouco da cultura do cordel para o DS III/VII
     Ambas as plenárias tiveram momentos lúdicos para descontrair os presentes, como uma ciranda de roda no DS VI/VIII e leitura de cordel do DS III/VII. Após esse primeiro contato, os participantes conheceram a composição da mesa de abertura. Entre os convidados estavam o coordenador do CMS-Recife, Oscar Correia, o coordenador do Conselho Distrital de Saúde do DS VI, Júlio Santana, a secretária Executiva de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, Kamila Matos, a gerente do DS VI, Silvana Moreira, a gerente do DS VIII, Mônica Gueiros e a representante da Gerência Geral de Planejamento e Orçamento da Secretaria de Saúde, Mariana Wanderley.
Mesa de abertura do DS VI/VIII
     Assim como no DS VI/VIII, os participantes do Distrito III/VII também colaboram com o enriquecimento do documento base, sugerindo propostas que melhorem o sistema de saúde local, estadual e nacional. Mas não só isso, também elegeram seus delegados/as que representarão o Distrito na etapa Municipal.
Plenária III/VII
     No DS III/VII estiveram presentes a representante do CMS-Recife, Edileusa Maria, o secretário de Saúde do recife, Jaílson Correia, a secretária Executiva de Coordenação Geral, Joanna Freire, a vice-coordenadora do Conselho Distrital de Saúde do DS III, Anilda Maria, a gerente do DS III, Lara Hazin, a gerente do DS VII, Ana Sofia Costa e o gerente Geral  de Planejamento e Orçamento da Secretaria de Saúde, Paulo Roberto.
Mesa de Abertura do DS III/VII
   As gerentes dos distritos fizeram um apanhado situacional do território, mostrando o quadro funcional, a rede de serviços, as obras e requalificações das unidades. O secretário de Saúde passou em todas as salas temáticas do DS VI/VIII e deixou a mensagem da importância desse momento para a construção de um SUS melhor não somente para a população do Recife, mas para todo o Brasil.
Jailson Correia em visita as salas temáticas no DS VI/VIII
    Ao final, foram eleitos 57 delegados Usuários e 29 delegados Trabalhadores do DS VI/VIII e 39 delegados Usuários e 26 delegados Trabalhadores no DS III/VII.


Imagens dos trabalhos de grupo nas salas temáticas:














sexta-feira, 15 de maio de 2015

Conselheiros/as de Unidades do Distrito Sanitário IV são empossados

    No dia 07 de maio, o Conselho Distrital de Saúde (CDS) IV empossou os conselheiros das unidades UBT José Dustan, UBT Olinto de Oliveira, CAPS Espaço Vida e CAPS AD Eulâmpio Cordeiro. A solenidade aconteceu na Policlínica Lessa de Andrade e contou uma programação onde aconteceram rodas de apresentação, entrega de pastas com documentos normativos e a assinatura no Livro de Posse, além de ressaltar a importância e o papel do Conselheiro/a de Unidade.

Conselheiro assina livro de posse

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Comissão Organizadora recebe convidados para debater eixos temáticos da 12ª Conferência

Cristina Sette, Clênio Guedes e Rosinete José participaram do debate
    Durante três dias seguidos (4, 5 e 6 de maio), a Comissão Organizadora da 12ª Conferência Municipal de Saúde do Recife se debruçou na leitura e discussão sobre os eixos temáticos que estão sendo discutidos nos grupos de trabalho das etapas Distritais da 12ª Conferência.
    Ao todo, oito eixos foram amplamente discutidos e estão subsidiando na elaboração de propostas para a etapa Municipal e, posteriormente, Estadual e Nacional. Durante o processo, a comissão convidou atores envolvidos com saúde pública de maneira geral para contribuir com a construção dessa etapa.
   Os oito eixos temáticos são:
  • Direito à Saúde, Garantia de Acesso e Atenção de Qualidade;
  • Participação Social;
  • Valorização do Trabalho e da Educação em Saúde;
  • Financiamento do SUS e Relação Público-Privado;
  • Gestão do SUS e Modelos de Atenção à Saúde;
  • Informação, Educação e Política de Comunicação do SUS;
  • Ciência, Tecnologia e Inovação no SUS; e
  • Reformas Democráticas e Populares do Estado. 
    Em cada eixo, os membros da comissão receberam convidados para qualificar e quantificar o debate. Entre os convidados estavam Cristina Sette (UPE), Clênio Guedes (CEREST), Rosinete José (CEREST) e Petrônio Martelli (UFPE). Além desses, a comissão também convidou o professor Domício Sá (FioCruz), a professora Paulette Cavalcanti (UPE), a promotora Helena Capela (MPPE), a secretária Executiva Kamila Matos (SEGTES) e Mozart Sales (Hemobrás), mas, por incompatibilidade de agendas, não puderam comparecer, mas, se colocaram a disposição para outros momentos de contribuição.
Petrônio Martelli trouxe as suas contribuições 
    As discussões serviram para enriquecer o documento base que norteará todo o debate da conferência. 

Conselheiros e conselheiras serão capacitados

    O Conselho Municipal de Saúde (CMS) do Recife, em parceria com a Divisão de Atenção à Saúde do Trabalhador da SEVS (CEREST & NAST), realizará um Curso de Saúde do Trabalhador para o Controle Social do Recife. O curso, que é uma demanda do CMS-Recife, tem como objetivo capacitar cerca de 130 conselheiros municipais e distritais, afim de desenvolver e ampliar a participação ativa e qualificada dos conselheiros e conselheiras no fortalecimento do controle social e na defesa do SUS
    A capacitação proporcionará aos membros do controle social uma atualização a cerca das ações, diretrizes e metas da Política Nacional de Saúde do Trabalhador e Trabalhadora (PNSTT) Estaduais, Regionais e Municipais. O curso busca contribuir para a transformação e qualificação das práticas dos conselhos de saúde e para o exercício da cidadania.

ESTÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES DAS SEGUINTES TURMAS:

  As inscrições podem ser feitas através do link abaixo:


- Inscrição Turma 01 - Manhã: 
- Inscrição Turma 02 - Tarde:

     As aulas acontecem no Auditório do CEREST, na Av. Visconde de Suassuna, 658, Santo Amaro. Para mais informações, ligar para 3355-1865.

terça-feira, 12 de maio de 2015

Conselheiros/as da Policlínica Gouveia de Barros são empossados

    O Conselho Distrital de Saúde (CDS) I empossou, na manhã desta terça-feira, 12, os novos conselheiros e conselheiras da Policlínica Gouveia de Bairros. A solenidade aconteceu na própria unidade e contou com a presença do coordenador do CDS I, César Augusto, dos conselheiros distritais Risolanda Matias (segmento Trabalhador) e Antônio Gomes (segmento Gestor), e da gerente da unidade, Paula Fonseca.
    Agora, o Conselho Distrital se programa para dar posse aos conselheiros e conselheiras da Policlínica Waldemar de Oliveira e do CAPS Boa Vista.

Conselheira é homenageada no Dia do/a Enfermeiro/a

       Em solenidade realizada na manhã de hoje, terça-feira, 12, na Câmara dos Vereadores do Recife, a conselheira Keila Tavares foi uma das homenageadas pelo Dia Internacional do/a Enfermeiro/a. A iniciativa foi do vereador Eurico Freire, e contou com a presença de representantes do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Pernambuco (SEEPE), e demais órgãos da categoria, como o COREN - Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco. 
Keila Tavares recebe placa homenagem das mãos de Eurico Freire 
      "Foi gratificante receber essa homenagem pelo reconhecimento do nosso trabalho. E eu estendo a todos os enfermeiros e enfermeiras que estão na luta", disse Keila Tavares. A conselheira também agradeceu ao fato do SEEPE fazer essa homenagem aos profissionais em vida, pois valoriza ainda mais o trabalho que desempenham.
     O CMS-Recife marcou presença na reunião solene e contou com a participação do coordenador do CMS-Recife, Oscar Correia, da vice-coordenadora, Janaína Brandão, da conselheira Josilene Carvalho e dos conselheiros André Cristiano e Osvaldo Amorim.



Dia Internacional dos Enfermeiros

    O Dia Internacional da Enfermagem (ou Dia Internacional dos Enfermeiros) é comemorado mundialmente desde 1965. A escolha da data, 12 de Maio, foi em homenagem ao nascimento de Florence Nightingale, uma enfermeira, de nacionalidade Italiana, que passou a vida na Inglaterra onde deixou o legado de persistência, compaixão e dedicação ao próximo, estabelecendo diretrizes e caminhos para a enfermagem moderna. Ela é considerada a fundadora de enfermagem moderna.

segunda-feira, 11 de maio de 2015

12ª Conferência: Distrito Sanitário IV realiza sua etapa Distrital

    Em plenária ocorrida no último sábado (09), o Distrito Sanitário (DS) IV encerrou a sua etapa Distrital que antecede a 12ª Conferência Municipal de Saúde do Recife. Realizada na Escola Estadual Darcy Ribeiro, no bairro do Cordeiro, o evento foi o consolidado de três micro-plenárias que discutiram o sistema de saúde nas localidades que contemplam o território, além de inserir novas propostas que serão enviadas às etapas Estadual e Nacional das Conferências de Saúde ao longo do ano.

    A abertura dos trabalhos se deu com a formação da mesa, onde os convidados falaram da importância da 12ª Conferência e parabenizaram aos pré-delegados pela participação no fortalecimento do Controle Social. Estiveram presentes, o coordenador do CMS-Recife, Oscar Correia, a coordenadora de Conselho Distrital de Saúde, Leyla Lisboa, a gerente do DS IV, Polyanna Ribeiro, e o gerente de Planejamento da Secretaria de Saúde, Paulo Roberto, que foi representar o secretário, Jaílson Correia, que não pode comparecer à plenária devido a compromissos de última hora.

    Após as devidas apresentações e as falas dos convidados, Polyanna Ribeiro começou sua apresentação mostrando o histórico situacional do território e ressaltou que “esse momento é para discutir a saúde local, mas também é importante não pensar somente no distrito IV, mas pensar de forma mais ampliada”. Essa perspectiva reforça o objetivo da 12ª Conferência em ampliar o nível de discussão pensando nas três esferas: municipal, estadual e nacional.

    Logo em seguida, os participantes puderam contribuir na construção do documento base, onde avaliaram, discutiram e propuseram melhorias no referido documento que será debatido nos três dia de Conferência. Ao todo foram oito eixos temáticos, onde os participantes debateram sobre Direito à Saúde, Garantia de Acesso e Atenção de Qualidade; Participação Social; Valorização do Trabalho e da Educação em Saúde;   Financiamento do SUS e Relação Público-Privado;  Gestão do SUS e Modelos de Atenção à Saúde;  Informação, Educação e Política de Comunicação do SUS;  Ciência, Tecnologia e Inovação no SUS; e Reformas Democráticas e Populares do Estado.
Grupos de Trabalho.
    Terminados os trabalhos, os participantes se reuniram para a plenária final, onde socializaram os resultados das discussões nos grupos. Ao final, foram eleitos, por aclamação, 40 delegados Usuários e 17 delegados Trabalhadores.

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Secretário de Saúde do Recife faz apresentação no CMS-Recife

    Durante a 189ª Reunião Extraordinária do CMS-Recife, o colegiado se reuniu para contemplar as apresentações do secretário de Saúde do Recife, Jaílson Correia, e da secretária Executiva de Regulação, Fernanda Casado, que foram convocados para mostrar as ações desenvolvidas pelas respectivas pastas.
Mesa coordenadora: Audenise Bonifácio, Oscar Correia e Janaína Brandão
    Iniciada na manhã de ontem, quinta-feira (07), a reunião plenária, que foi ampliada, começou com a apresentação de todos os presentes e logo em seguida, a mesa coordenadora convidou Jaílson Correia para fazer a apresentação da expansão, estruturação e qualificação das Unidades de Saúde da Família do município. Em sua fala, o secretário trouxe um panorama geral de todas as ações que a Secretaria de Saúde (SESAU) desenvolve, trazendo um resgate histórico do quadro de investimento na saúde (de 2009 a 2014), o incremento e investimento na qualificação, e mostrou algumas ações já realizadas pela secretaria, a exemplo das reformas nas USF Bernand Van Lee, Skylab I e II, Santo Amaro II, e ressaltou o que a pasta planeja lançar, como a criação de novos polos das Academias da Cidade e a ampliação da Rede Cegonha.
Jaílson Correia apresenta balanço da Secretaria de Saúde ao Pleno
    Finalizada a apresentação, os conselheiros, conselheiras e visitantes fizeram seus questionamentos acerca do que foi mostrado. A conselheira e coordenadora da Comissão de Fiscalização, Rivânia Rodrigues, aproveitou a oportunidade para apresentar a Jaílson Correia um relatório referente a visita que a fiscalização fez a UBT Fernandes Figueira e a UBT CEASA (Distrito Sanitário - DS - V), na qual mostrou as diversas queixas dos usuários (as) da unidade. A gerente do DS V, Lígia Lima, trouxe os esclarecimentos acerca da problemática apresentada pela conselheira Rivânia e foi corroborada pelo secretário de Saúde, Jaílson Correia, que ressaltou que a gestão está sempre disponível para dialogar com todos os atores do controle social e que os pontos citados serão revistos para solucionar o problema. Na ocasião, o secretário apresentou o Mural Saúde, um informativo elaborado pela assessoria da secretaria contendo informações das ações da SESAU.

A conselheira Rivânia Rodrigues apresentou relatório da Fiscalização na UBT Fernandes Figueira
Jaílson lançou o Mural Saúde
    Após a pausa para o almoço, o colegiado retornou aos trabalhos com a apresentação da secretária Executiva de Regulação, Fernanda Casado, que trouxe, mais detalhadamente, a proposta da portaria que formaliza os serviços prestados por hospitais filantrópicos no município do Recife. A pauta, que nunca tinha passada pela história do CMS-Recife, serviu como troca de aprendizado que só fortalece o controle social.
Portaria de Incentivo aos hospitais filantrópicos, apresentada pela secretária Executiva de Regulação,
Fernanda Casado, foi aprovado por unanimidade 
  Apresentados todos os pontos significativos da portaria, tais como, tabela de procedimentos, medicamentos, órteses e próteses do SUS, além de mostrar quais hospitais seriam contemplados pela portaria, o colegiado fez suas colocações e, por unanimidade, a portaria foi aprovada. 
    Os informes gerais encerraram a reunião.