sexta-feira, 27 de julho de 2018

Conselheiros(as) do CDS IV são empossados


       Celebrando a nova composição do Conselho Distrital de Saúde (CDS) do Distrito Sanitário (DS) IV, conselheiros(as), convidados(as), usuários(as), trabalhadores(as) e gestores(as), participaram da cerimônia de posse do CDS IV para o biênio 2018-2020, realizada no auditório do COMPAZ, no Cordeiro. Com eleições finalizadas no mês de junho, o novo colegiado do CDS IV terá a missão de continuar o trabalho que já vem sendo desenvolvido pelo conselho e continuar na luta pela SUS, por uma saúde melhor e pelo fortalecimento do Controle Social dentro do território.
        Tendo sua recepção feita pelo grupo de homens Novo Olhar, da USF Sítio Wanderley, Brasilit-Várzea, a cerimônia contou com a participação da gerente do DS IV, Juliana Santigo, da conselheira Municipal, Marise Matwiszyn, e dos conselheiros Distritais, Leyla Lisboa e Hilário Carneiro, que se despendem do CDS IV.
        Numa fala de agradecimento, Leyla Lisboa se despede da coordenação do conselho com a sensação de dever cumprido. “Saio muito feliz, pois conseguimos deixar um conselho bem estruturado e aproveito para fazer um apelo a vocês que não deixem de ocupar esses espaços de Controle Social, sobretudo as conferências, pois a batalha deve continuar e não podemos ficar calados. Temos que fazer valer nossos direitos”, disse.
        A conselheira Municipal, Marise Matwiszyn, falou da alegria que é participar desses momentos de renovação dos Conselhos de Saúde. “Eu, enquanto segmento Trabalhador, fico muito contente em saber que nessa nova composição teremos cinco (05) ACS, pois, entendo que são eles a base da Atenção Básica, são a alma do SUS “, ressalta. “Quero também deixar registrado que o CMS-Recife estará sempre disponível para o diálogo e que vocês tenham o CMS como um elo importante para troca de experiência e vivências”, finaliza. Marise também aproveitou para convidar os presentes para participar das Reuniões Ordinárias do CMS-Recife.
        Já a gerente do Distrito Sanitário IV, Juliana Santiago, ressaltou que a gestão estará disponível para o diálogo junto ao CDS. “Temos que ter em mente que precisamos caminhar juntos e que os três segmentos (usuário, trabalhador e gestor) devem andar de mãos dadas nessa luta por uma saúde melhor”, avalia.
       Na ocasião, os(as) conselheiros(as) que estão deixando o CDS IV (colegiado 2016-2018), receberam um certificado de agradecimento pelos serviços prestados no tempo de atuação no Conselho Distrital.


Entrega dos Certificados em reconhecimento aos serviços prestados ao Conselho Distrital.



Assinatura no Livro de Posse - Colegiado CDS IV - Biênio 2018-2020

quinta-feira, 26 de julho de 2018

CMS-Recife em representatividade no ABRASCÃO 2018

Conselheiros(as): Esdras Soares, Sônia Pinto, Cristiano Nascimento, Vera Lúcia, Fábia Andrade e Isaac Machado


        Com o tema: Fortalecer o SUS, os direitos e a democracia, o 12º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva inicia o ABRASCÃO 2018, com a promessa de organização e conexão entre a Ciência produzida pela saúde coletiva e a defesa da vida e do bem-estar.
    Como representantes do Conselho Municipal de Saúde (CMS) do Recife, as conselheiras Sônia Pinto, Vera Lúcia, Fábia Andrade e os conselheiros Esdras Soares, Isaac Machado, Euclides Cunha e o coordenador do CMS-Recife, Cristiano Nascimento, participam dos quatro dias de programação destinada às representações de movimentos sociais, organizações comunitárias, ONGs, entre outros.
      O evento conta com uma programação extensa e elaborada com temas que incluem: educação popular em saúde, direitos à cidade e à terra, questões relativas a saúde do povo indígena, da população negra,  das pessoas LGBTI e de moradores e moradoras de periferia.
      O Congresso está sendo realizado no Rio de Janeiro/RJ e iniciou hoje, 26 de agosto, e vai até domingo (29).


Se ficou curioso e quer ver um pouco do que está rolando por lá, acesse o link da ABRASCO TV: https://m.youtube.com/user/tvabrasco

A Programação ABRASCÃO 2018 completa você pode conferir aqui: https://bit.ly/2mK5fFK

segunda-feira, 23 de julho de 2018

CMS-Recife Repercute: XIII Fórum Perinatal do Recife debate Humanização e Violência Obstétrica


Com o tema, Humanização e Violência Obstétrica na Mulher Negra, a Secretaria de Saúde do Recife, através da Coordenação da Política de Saúde Integral da População Negra, em parceria com a Política de Saúde da Mulher, Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos e da Secretaria da Mulher do Recife, promovem nesta terça-feira (24), em alusão a 25 de julho, data que se celebra o Dia Nacional de Teresa de Benguela e da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha, o XIII Fórum Perinatal do Recife.

O intuito da palestra é ampliar o debate entre os profissionais de Atenção Básica e profissionais das Maternidades municipais, bem como a sociedade civil, sobre a adoção de práticas humanizadas e seguras, assim como, a introdução de condutas acolhedoras e não intervencionistas na hora do parto natural.

O tema é de extrema importância e de atualização de conhecimentos para todos os envolvidos, direta ou indiretamente com a saúde da Mulher e suas vertentes. O XIII Fórum Perinatal do Recife acontece nessa terça-feira (24), às 14h no Auditório da Prefeitura do Recife e é aberto ao público.


XIII Fórum Perinatal do Recife

Dia: 24/07
Horário: 14:00 
Local: Auditório Capiba, no 15º andar do prédio da Prefeitura do Recife
Temática: Mulheres Negras: Violência Obstétrica x Parto Humanizado
Aberto ao Público


terça-feira, 17 de julho de 2018

Biodança no Conselho Municipal de Saúde do Recife



Biodança no Conselho Municipal de Saúde do Recife, em alusão ao I DIA DE CUIDADOS COM AS PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES.

I Dia de Cuidados com a PICs no CMS-Recife



A melhor forma de promover o incentivo do uso das medicinas tradicionais e alternativas no cotidiano da população é incorporando ao Sistema Único de Saúde (SUS), tais recursos que contribuem cada vez mais, para uma medicina humanizada. As Práticas Integrativas e Complementares (PICs) , como são popularmente chamadas, são reconhecidas e valorizadas, justamente por incorporarem ao cotidiano do SUS, “ramos da medicina alternativa”.

Pensando nisso, o Conselho Municipal de Saúde (CMS) do Recife, através da Comissão Temporária de Práticas Integrativas e Complementares (PICs), promoveu na última sexta-feira (13), o I Dia de Cuidados com a PICs no CMS-Recife.

A atual coordenadora da Comissão Temporária da PICs ressaltou a importância da socialização do trabalho e da sua inclusão, como uma proposta inovadora para agregar valores às terapias convencionais.

“Recife vem assertivamente construindo e avançando no que se refere às Práticas Integrativas e Complementares. É muito positiva a participação de todos, inclusive da Rede, dos CIS, e saber que temos parceiros, como o Espaço Família, por exemplo, para podermos ampliar o debate dentro do próprio Conselho de Saúde”, ressaltou Iris.


O Evento que aconteceu durante todo o dia, na sede do CMS-Recife, contou com uma programação composta por diversas promoções, entre elas: as que se estendem as necessidades com ênfase na Atenção Básica; Cuidados Continuados; Cuidados Indígenas; Atividades de Corporificação de Consciência; Entendimentos sobre Acupuntura Japonesa, Biodança e Roda de Diálogo sobre Terapia Floral.


A Mesa de abertura contou com a participação do Coordenador do CMS-Recife, Cristiano Nascimento, a vice-coordenadora, Sônia Pinto, a conselheira e membro da Comissão PICs do CMS-Recife, Marise Matwiszyn, do coordenador da Política Municipal das PICs, Ellcio Ricardo, além da Coordenadora da Comissão PICs, Íris Maria.


Em um fala emocionada, Sônia Pinto, se mostrou muito feliz e privilegiada em fazer parte desse momento tão especial e esperado por todos que fazem o SUS.

“Participar deste dia é muito importante, essa ideia vem da 13ª Conferência, é muito bom está acontecendo e sendo colocada em prática neste momento, é uma ideia de descentralizar esse dia entre os Distritos”, disse a vice-coordenadora do CMS.

O encontro contou com salas distribuídas para serem realizados todos os atendimentos individuais e os integrados, levando bem-estar e interação para todos os participantes das atividades que foram propostas na programação, tais como, a Terapia Individual Reiki, Atendimentos com Aurículoterapia e Terapia Comunitária Integrativa (TCI).


A Médica e Terapeuta Comunitária, Marluce Tavares, citou a importância da TCI para a Atenção Básica e para o SUS. “A terapia comunitária é um espaço de fala e escuta para a população, ela é necessária para que essa interação dê certa e que tudo funcione da melhor maneira, é uma das melhores formas de purificar a mente”, falou Marluce.


Durante o encontro, foi realizada a apresentação das Práticas Complementares com Ervas Medicinais dentro dos terreiros, com a conselheira, Leonilde Cunha que representa a Entidade Templo de Umbanda Mestre Cibamba e ainda, a exposição de Artesanato e Plantas da Tribo Fulni-ô de Águas Belas, onde contamos também com a participação de Ridivânio Procópio da Silva, mais conhecido como Juruna, do Povo Xukuru do Ororubá, que trouxe para o I Dia de Cuidados da PICs, medicamentos fitoterápicos feitos com aroeira, alcachofra e hortelã. A exposição com as peças artesanais e plantas, e a apresentação com cuidados indígenas se estendeu até o final do evento.

O evento contou também com a palestra sobre Acupuntura Japonesa e seus benefícios com a Especialista Nathália Matsushita, ela falou um pouco sobre as pautas que são implantadas nas áreas da saúde e da importância delas para o Controle Social. “Para mim foi uma alegria ver que o SUS e a Organização Mundial estão trazendo esse conhecimento, para que a gente tenha realmente um país pleno de saúde e qualidade de vida”, disse Nathália.

A programação foi encerrada com a palestra da Professora Lorena sobre biodança e com a breve apresentação de dança circular. O I Dia de Cuidados da PICs tem o intuito de descentralizar o evento a todos os Distritos Sanitários (DS) do Munícipio de Recife.


Lembrando ainda que dia 02 de agosto, na 322ª Reunião Ordinária, será feita a apresentação da Política Municipal de Práticas Integrativas e Complementares, na sede do CMS-Recife, às 14h. É aberto ao público.