sexta-feira, 27 de maio de 2016

Conselho será coordenado por mulheres

A gestão 2014-2016 dá as boas vindas a gestão 2016-2018
      À tarde de ontem, quinta-feira, 26, foi um momento histórico e importante para o Controle Social: pela primeira vez o Conselho Municipal de Saúde (CMS) do Recife terá a coordenação composta somente por mulheres. A eleição da nova coordenação, que aconteceu dentro da 296ª Reunião Ordinária do CMS-Recife, aclamou as conselheiras Janaína Brandão e Keila Tavares como coordenadora e vice-coordenadora do conselho, respectivamente.
      "É uma responsabilidade imensa está a frente do Conselho e, enquanto gestão, vamos trabalhar com imparcialidade e buscar o fortalecimento do CMS-Recife prezando sempre pelo respeito e ouvindo cada conselheiro e conselheira para qualificar o debate. Vamos também trazer os Conselhos Distritais e os Conselhos de Unidade para fortalecer o grupo e tornar ele único", disse Janaína Brandão. "E fico muito feliz em fazer parte de uma coordenação feita por mulheres ao lado da conselheira Keila", enfatizou.
A Comissão Eleitoral aclama as conselheiras Janaína Brandão e Keila Tavares
como nova coordenação do CMS-Recife
     Para a vice-coordenadora eleita, Keila Tavares, sua gestão pautará debates estruturados no Controle Social. “Embora eu esteja aqui representando os enfermeiros, estamos defendendo o SUS e o controle social. Estamos unidos por uma causa comum que é a melhoria da rede para usuário e trabalhadores de forma geral. E eu reafirmo o meu compromisso e dedicação no trabalho em defesa do SUS e do fortalecimento do Controle Social", disse.
        A apresentação da nova coordenação foi feita pelo presidente da comissão eleitoral, Oscar Correia, que leu o regimento criado para nortear a eleição e exemplificou quem estaria apto a concorrer ao cargo de coordenador (a) e vice-coordenador (a). Agora, as conselheiras ficarão na coordenação durante o biênio 2016-2018.
         Despedindo-se da coordenação, o conselheiro Oscar Correia falou da gratidão em ter sido o porta-voz do CMS-Recife no biênio 2014-2016. “Foi um desafio muito grande coordenar o conselho, mas foi também uma experiência muito boa. Nesses dois anos que estive aqui, eu tive o cuidado em ouvir todos os segmentos e lutar por melhorias na rede”, ressaltou Oscar, onde aproveitou a oportunidade e parabenizou as conselheiras eleitas.
Daniele Feitosa deve voltar ao CMS-Recife para aprovação do Plano da VISA/2016
     Dando continuidade a pauta, a gerente da Vigilância Sanitária, Daniele Feitosa, apresentou o planejamento das ações da Vigilância Sanitária do Recife (VISA)/2016 que tem por finalidade implementar as ações do Plano Diretor de Vigilância Sanitária e Sistema Nacional de Vigilância Sanitária, priorizando as ações de rotina da VISA. As ações contemplam todos os Distritos Sanitários com atenção as suas diferenças geográficas, culturais e de saúde. Com tempo exíguo para um aprofundamento, o colegiado pré-agendou a volta da VISA para o dia 30 de junho, onde acontece a 297ª Reunião Plenária Ordinária.
     O colegiado ainda aprovou uma Resolução que institui a criação dos Conselhos Distritais de Saúde VII e VIII, além de debater sobre assuntos de esfera administrativa como vacâncias de comissões.

quarta-feira, 25 de maio de 2016

CMS-Recife Repercute: Seminário de Economia

       O Sindsep-PE promove, no dia 1º de junho, quarta-feira, na sede do Sindsep-PE, na Boa Vista, às 16h, um seminário com a economista Tânia Bacelar e o diretor do Departamento Intersindical de Assessoramento Parlamentar, Antônio Queiroz. O seminário abordará o atual momento econômico, a crise que o país vem enfrentando, e as perspectivas futuras com abordagem na base dos direitos trabalhistas e as perdas que a classe trabalhadora já vem enfrentando a partir de projetos que tramitam no Congresso Nacional, como terceirização.
Mais Informações(81) 3131.6350 


segunda-feira, 23 de maio de 2016

Comissão Eleitoral divulga data de inscrição para eleição da nova coordenação do CMS-Recife

       A comissão que acompanha o processo eleitoral do (a) próximo (a) coordenador (a) do CMS-Recife, e seu respectivo suplente, se reuniu para estabelecer as normas que serão usadas na escolhe da coordenação. Formada pelos conselheiros, Oscar Correia, José Ribeiro e Paulo Roberto, representantes dos segmentos Usuário, Trabalhador e Gestor/Prestador, respectivamente, a comissão divulga o Regimento Eleitoral publicado no Diário Oficial do Município. 
Os conselheiros José Ribeiro, Oscar Correia e Paulo Roberto elaboram o Regimento Eleitoral
para escolha da nova coordenação do CMS-Recife
        Devido ao sistema de rotatividade que permite a todos os segmentos passaram pela coordenação, o novo (a) coordenador (a) do CMS-Recife será, prioritariamente, Gestor/Prestador. Como no colegiado anterior era um usuário que coordenava os trabalhos da casa (tendo como vice um gestor), nesse momento, a coordenação deve ser um gestor, no qual seu vice será um (a) conselheiro (a) do segmento trabalhador. Dando assim, a continuidade do ciclo.
      O conselheiro ou conselheira que queira participar do processo eleitoral tem até o dia 25 de maio para entregar um ofício a Secretaria-Executiva (SE) do Conselho expressando sua vontade em concorrer a vaga e deve estar quite com toda a documentação junto a SE. As eleições acontecem dia 26 na 296ª Reunião Ordinária deste colegiado.

Confira o Regimento Eleitoral clicando no link abaixo:

Resolução publiciza nomes dos/as novos/as conselheiros/as

     A resolução que traz o nome do novo colegiado foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM) neste sábado, 21, e já pode ser conferida no nosso blog. De número 031, a resolução foi estabelecida após a 295ª Reunião Ordinária, realizada no dia 28 de abril, onde o plenário do CMS-Recife empossou os/as conselheiros/as municipais de saúde para o biênio 2016-2018.
      Para conferir a composição do novo colegiado biênio 2016/2018, basta clicar no link abaixo:

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Eleições 2016-2018: Conselho Distrital II empossa novo colegiado

      O Conselho Distrital de Saúde (CDS) II empossou, na tarde ontem, quinta-feira, 19, o novo colegiado do CDS II para o biênio 2016-2018. Eleitos no último dia 06, os novos/as conselheiros/as foram recebidos pelo gerente do Distrito Sanitário (DS) II, Romero Nogueira, pelo coordenador do CMS-Recife, Oscar Correia, pelos conselheiros eleitos Antônio Gomes e Charles Barbosa e pelo vereador, Eurico Freire.
       Oscar Correia falou da importância dos conselhos de saúde e ressaltou que o CMS-Recife está de portas abertas para acolher os CDS. "Não é um fácil trabalho, mas o CMS-Recife está a disposição dos Conselhos Distritais e fará o possível para dar o apoio a esses conselhos", disse. Já o gerente do DS II, Romero Nogueira, agradeceu o empenho do colegiado 2014-2016. "A nossa bandeira é a bandeira sanitária, com histórico de luta e de militância pela saúde pública e um SUS melhor", disse.
     Os conselheiros eleitos, Antônio Gomes e Charles Barbosa, registraram que vão continuar contribuindo no fortalecimento do Controle Social e que irão buscar melhorias nos serviços ofertados para os usuários/as.
        A solenidade aconteceu no auditório do SEST/SENAT, em Beberibe. 

quarta-feira, 18 de maio de 2016

GT Concurso Público 2012 retoma discussões

      Após deliberação da continuidade do Grupo de Trabalho (GT) do Concurso Publico de 2012 na 202ª Reunião Extraordinária do CMS-Recife, os novos membros do GT realizaram a sua primeira reunião na tarde de ontem, terça-feira, 17. Entre os pontos previstos para a discussão, houve um resgate do que foi produzido pelo GT no colegiado passado e a eleição da nova coordenação do GT.
     Algumas categorias de profissionais, a exemplo de Terapeutas Ocupacionais e Auxiliares de Saúde Bucal, marcaram presença no debate e apresentaram um levantamento a respeito das nomeações. Ainda houve um agradecimento dos ACS que foram nomeados pela gestão no dia 05 desse mês, um compromisso firmado nos encaminhamentos do GT.
    Para a próxima reunião, o GT convocou a secretária-executiva de Gestão do Trabalho e Educação da Saúde, Kamila Matos, para apresentar um quadro atualizado de todos os profissionais do concurso de 2012 a partir da última nomeação, incluindo as vagas dos contratados.
     Na ocasião, o conselheiro José Cleto e a conselheira Micheline Moares foram eleitos, respectivamente, coordenador e vice-coordenadora do GT.

terça-feira, 17 de maio de 2016

CMS-Recife Repercute: curso Proteção respiratória contra agentes biológicos para trabalhadores da saúde


     O conselho Municipal de Saúde (CMS) do Recife, através da coordenação da Comissão Intersetorial de Saúde do trabalhador (CIST), divulga o curso sobre proteção respiratória contra os agentes biológicos que ocasionar problemas respiratórios aos profissionais de saúde. O curso ocorrerá entre os dias 14 e 16 de junho. A carga horária será de 18h/hora.
     Com base na cartilha da Anvisa "proteção respiratória contra agentes biológicos para trabalhadores de saúde, o objetivo do curso é socializar os conceitos básicos sobre caracterização dos agentes biológicos e a utilização da proteção respiratória como medida de controle frente a exposição a esses agentes.
  Para se inscrever os interessados devem enviar nome, função, empresa, telefone e email para o endereço eletrônico eventos.crpe@fundacentro.gov.br. Para mais informações, basta ligar para o FUNDACENTRO/PE (81) 3427-4775 ou 3241-3643.




Serviço:

O que: curso Proteção respiratória contra agentes biológicos para trabalhadores da saúde
Data: 14 a 16 de junho
Horário: 9h às 12h / 14h às 17h
Local: Auditório do Sindsprev/PE
Rua Marquês do Amorim, 174, Ilha do Leite - Recife/PE

CMS-Recife marca presença na inauguração do Hospital da Mulher do Recife

      Na manhã da última sexta feira (13) ocorreu a cerimônia de inauguração do Hospital da Mulher do Recife Dra, Mercês Pontes Cunha (HMR). Conselheiros e Conselheiras de saúde foram prestigiar a solenidade que contou com a presença do prefeito da Cidade do Recife Geraldo Julio, do governador de Pernambuco Paulo Câmara, Secretário de Saúde do Recife Jailson Correia, além de diversas autoridades de todo o Estado. A unidade já está em funcionamento desde a última terça-feira (10).
    Segundo o Prefeito da Cidade do Recife Geraldo Julio o HMR é uma grande conquista para as mulheres e que, desde que abriu as portas, já atendeu mais de mil usuárias. “Os ambulatórios especializados, as consultas especializadas, os diagnósticos, exame de ultrassonografia são alguns dos serviços que o hospital já está oferecendo às mulheres do Recife, Disse Geraldo Julio. Logo em breve vamos oferecer partos e cirurgias também”, finalizou.
    Para a conselheira Vera Lúcia, o hospital da mulher foi um grande presente para a população recifense. "As mulheres do Recife estão de parabéns pela entrega do Hospital da Mulher. Esse equipamento não é só para as mulheres darem a luz, mas também é voltado a saúde da mulher como um todo, onde têm aparelhos para exame de mamografia, tomografia e cirurgia de câncer de mamas", disse a conselheira.
     Sendo um hospital de grande porte, os serviços no HMR compreende a realização de 180 ultrassons por dia, mais de 67 mil procedimentos por mês, entre partos, cirurgias, ressonâncias, tomografias computadorizadas e raios X.

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Conselho recebe visita de estudantes de medicina da UFPE

     O Conselho Municipal de Saúde (CMS) do Recife recebeu, na quarta-feira (11), alunos do segundo período de medicina da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Sob a tutoria do Mestrando Davi Curi, os alunos vieram conhecer as instalações do conselho, além de entender como é o seu funcionamento. A atividade faz parte da carga horária da disciplina 'Construção e produção do conhecimento'.
     Tendo como objetivo fazer um trabalho de campo, os alunos se mostraram bem atentos aos trabalhos que o CMS-Recife realiza. "Perceber a importância da participação popular na saúde do Brasil e entender a estrutura, organização e funcionamento de um conselho de saúde são os principais objetivos dessa visita", explicou Davi Curi.
   A estudante Ana Camila Figueiredo, 19 anos, mostrou-se impressionada com a quantidade de ações e demandas que o CMS-Recife possui. "Pessoalmente, eu gostei da experiência em poder conhecer o funcionamento do Conselho Municipal de Saúde. Não tinha noção da complexidade do Controle Social e de como tem gente engajada nisso", avaliou.
     Para a aluna Ana Olívia, 19 anos, conhecer um espaço dedicado ao Controle Social foi enriquecedor. "Gostei muito, não tinha conhecimento da proporção do trabalho e da organização de um Conselho de Saúde e isso foi ótimo poder conhecer", disse. "Acho importante ter esse espaço para a população se sentir representada", completou. 
    Já o estudante Alberto Felix, 24 anos, falou que acredita que os usuários deveriam conhecer os conselhos de saúde, pois, eles são importantes. "Como usuário do sistema de saúde, e futuro profissional de saúde, acredito que é importante conhecer o funcionamento do sistema e dos órgãos que o integram. Não achava que o Conselho Municipal de Saúde fosse tão bem estruturado e organizado e que está disponível para receber as reivindicações dos usuários e profissionais de saúde afim de chegar a uma solução", ponderou. "É bom saber que existe um órgão que tenta escutar as demandas sociais e posso confessar que antes de conhecer esse espaço, não achava que as coisas realmente funcionassem no CMS-Recife", concluiu.
     A visita foi acompanhada pelo assessor de Comunicação e Imprensa do CMS-Recife, Carlos Diego Lins.

quinta-feira, 12 de maio de 2016

CMS-Recife Repercute: Conselho de Favores (Livro)

     O Conselho Municipal de Saúde (CMS) do Recife indica o livro de André de Farias Pereira Neto, historiador por formação, doutor em Saúde Coletiva, pesquisador da área de história de instituições e políticas de saúde. "O livro veio preencher um vazio perturbador na reflexão política sobre a real natureza do controle social (...) com estudos empíricos sócio políticos sobre o desenvolvimento  recente do que designamos em saúde coletiva e controle social".

      O livro trás um pouco da história dos Conselhos de Saúde - criados pela Reforma Sanitária como instrumentos de controle da sociedade civil sobre os serviços de saúde do Estado - são aqui examinados pela ótica dos representantes dos usuários.
      Numa abordagem baseada na história oral, conselheiros/as são convidados/as a relatar como foram eleitos/as, que papel e funções exercem no cargo e que valores e cultura política regem a sua atuação. E os resultados trazem questões novas e polêmicas para o debate.

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Eleições 2016-2018: CDS II elege novo conselho

      Com mais de 370 eleitores, entre usuários e trabalhadores, o Conselho Distrital de Saúde (CD) II elegeu, na última sexta-feira, 06, o seu novo colegiado para o biênio 2016-2018. Tendo o processo eleitoral todo acompanhado pela comissão formada para esse propósito, a eleição acorreu dentro da normalidade.
     Agora, os novos e novas conselheiros/as distritais de saúde serão empossados no próximo dia 19, às 14hs, no SEST/SENAT, no bairro de Beberibe.
  *Fotos: Arquivo do Conselho Distrital de Saúde II

Executiva sob nova coordenação

       Na tarde de ontem, terça-feira, 10, a Comissão Executiva fez a sua primeira reunião após a cerimônia de posse do novo colegiado do CMS-Recife biênio 2016-2018. Na pauta, estavam assuntos como a organização da agenda das comissões permanentes do conselho e uma apresentação das demandas administrativas. 
       Na ocasião, o conselheiro José Cleto foi eleito coordenador da Comissão.

terça-feira, 10 de maio de 2016

Conselheiras e Conselheiros visitam o Hospital da Mulher

      Na última sexta-feira (06), o colegiado do Conselho Municipal de Saúde (CMS) do Recife visitou o Hospital da Mulher do Recife Dra. Mercês Pontes Cunha (HMR), localizado no bairro do Curado. A comitiva foi recepcionada pelas secretárias-executivas Joanna Freire e Eliane Germano, de Coordenação Geral e de Atenção à Saúde, respectivamente. A unidade, que é tida como o maior equipamento de saúde já construído no Recife, tem a capacidade para realizar mensalmente cerca de 400 partos, 250 cirurgias e mais de 10 mil atendimentos ambulatoriais.
     Na visita, conselheiros e conselheiras de Saúde conheceram as instalações já prontas e tiraram eventuais dúvidas sobre o funcionamento da unidade. Essa é a segunda visita do CMS-Recife ao HMR; em Agosto de 2015, o colegiado visitou o hospital ainda em obras. “É uma satisfação imensa voltar ao Hospital da Mulher e ver que ele está pronto, todo equipado e prestes a ser entregue as mulheres do Recife”, disse Oscar Correia, coordenador do CMS-Recife.
    A conselheira Marluce Batista ressaltou a importância da nova unidade de saúde. “[O hospital] Foi uma conquista da Mulher que, por muitas vezes, encontravam várias dificuldades e discriminação na hora de marca seus exames. Mas acredito que isso não irá mais acontecer, pois o hospital terá muitas especialidades e também terá um acolhimento mais humanizado”, disse. Marluce também lembrou da estrutura dedicada a maternidade. “As mulheres terão a certeza de que serão atendidas e que irão ter seus bebês na traquilidade e poderão descansar. A chegada do hospital é muito boa para as mulheres, será como uma Fortaleza da Mulher”, finaliza.
  Sendo um hospital de grande porte, os serviços no HMR serão implantados gradativamente para melhor segurança das usuárias. Além dos mais de 67 mil procedimentos/mês, o hospital também terá espaços dedicados ao acolhimento e cuidado as mulheres. É o caso da “Casa das Mães” e ao “Centro de Atenção às Mulheres Vítimas de Violência”. No primeiro espaço, as mães que receberam alta, mas seus bebês continuam internados, acompanharão a recuperação do seu filho até que ele tenha alta. No segundo caso, viu-se a necessidade de um espaço para apoio as mulheres vítimas de violência, onde terão uma equipe de multiprofissionais especializada voltada para esse cuidado, entre os profissionais estão psicólogo, médico e assistente social.  
     Para a conselheira Sebastiana Maria, a chegada do HMR é um reconhecimento às lutas da mulheres recifenses. "Ter um espaço direcionado a saúde da mulher é um grande marco e nos mostra que estamos tendo uma atenção especial no cuidado a nossa saúde. Espero que as usuárias saibam preservar esse espaço que só vem qualificar e quantificar os serviços de saúde", ponderou.
   O CMS-Recife, em reunião plenária, garantiu que o Hospital da Mulher tenha um Conselho dentro da unidade para intensificar e garantir um Controle Social mais eficiente e eficaz para as mulheres que serão atendidas naquele equipamento.
                             
                           

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Colegiado 2016-2018 realiza primeira reunião plenária

       Na tarde de ontem, quinta-feira, 06, o Conselho Municipal de Saúde (CMS) do Recife realizou a sua 202ª Reunião Extraordinária. Tendo como principal ponto a composição das comissões permanentes que compõe o conselho e da Comissão Eleitoral da coordenação do CMS-Recife, a reunião também serviu para conhecer os novos conselheiros e conselheiras.
      Sendo a primeira reunião plenária do colegiado biênio 2016-2018, a reunião teve início pela leitura da pauta e apresentação dos presentes. Sob a coordenação do conselheiro Oscar Correia, o colegiado foi esclarecido acerca da dinâmica que envolveu a eleição para composição das comissões permanentes, dos comitês de ética e da Comissão Eleitoral que conduzirá o processo de escolha da nova coordenação do CMS-Recife.

       Para a composição da Comissão Eleitoral, a mesa informou que sua formação contará com a representatividade de três conselheiros/as, sendo um por segmento. Ao final, e por aclamação, os conselheiros Oscar Correia (Usuário), Paulo Roberto (Gestor) e José Ribeiro (Trabalhador) foram eleitos.
     Logo depois, deu-se aberta a votação para compor as comissões e comitês. O processo funcionou da seguinte forma: o conselheiro interessado em participar de determinada comissão e/ou comitê expressava seu desejo colocando seu nome para votação.
      Respeitando o princípio da paridade* entre os membros integrantes de cada comissão (4 usuários, 2 Trabalhadores e 2 Gestores - totalizando 8 membros), iniciou-se as votações. Em uma disputa acirrada, a Comissão de Fiscalização foi a mais disputada tendo 11 usuários/as disputaram as quatros vagas do segmento. As comissões que não conseguiram fechar seus componentes terão suas vacâncias decididas na próxima reunião plenária, como é o caso da Comissão de Ética onde apenas o conselheiro Luciano Ferreira expressou vontade em participar. 
      Ainda na reunião, o colegiado resolveu dar continuidade ao Grupo de Trabalho (GT) do Concurso de 2012 e já formou o referido GT. Por fim, houve os informes gerais.


Conheça os componentes das comissões:


PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO
Paulo Roberto - Segmento Gestor/Prestador
Rejane Marinho - Segmento Gestor/Prestador
Laís Monteiro - Segmento Trabalhador
Rosângela Albuquerque - Segmento Trabalhador
Fernanda Tavares - Segmento Usuário
José Cleto - Segmento Usuário
Juliana Cesar - Segmento Usuário
Oscar Correia - Segmento Usuário

COMUNICAÇÃO
Rejane Marinho - Segmento Gestor/Prestador
José Ribeiro - Segmento Trabalhador
Esdras Morais - Segmento Trabalhador
Alberto Correira - Segmento Usuário
Sônia Pinto - Segmento Usuário
Vera Lúcia - Segmento Usuário
Rodrigo Barbosa - Segmento Usuário

ARTICULAÇÃO
Janaína Brandão - Segmento Gestor/Prestador
Josilene Carvalho - Segmento Gestor/Prestador
José Ribeiro - Segmento Trabalhador
Ana Lúcia Dantas - Segmento Trabalhador
Oscar Correia - Segmento Usuário
Lucelena Cândido - Segmento Usuário
Moisés José - Segmento Usuário
Euclides Monteiro - Segmento Usuário

EDUCAÇÃO PERMANENTE
Micheline Moraes - Segmento Trabalhador
Sebastiana Maria - Segmento Usuário
Rivânia Rodrigues - Segmento Usuário
Sônia Pinto - Segmento Usuário
Marta Barbosa - Segmento Usuário

FISCALIZAÇÃO
Janaína Brandão - Segmento Gestor/Prestador
Josilene Carvalho - Segmento Gestor/Prestador
Cristiano Nascimento - Segmento Trabalhador
Keila Tavares - Segmento Trabalhador
Luciano Ferreira - Segmento Usuário
Sebastiana Maria - Segmento Usuário
José Cleto - Segmento Usuário
Rivânia Rodrigues - Segmento Usuário

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Conselheiros e Conselheiras de Saúde do Recife são empossados

     Aconteceu na última quinta-feira (28), a cerimônia de posse dos conselheiros e conselheiras municipais de saúde do Recife da gestão 2016-2018. O evento contou com a participação do secretário da pasta, Dr. Jaílson Correia, do coordenador do Conselho Municipal de Saúde, Oscar Correia, do representante da Secretaria Estadual de Saúde, Dr. Humberto Antunes, do Conselho Estadual de Saúde de Pernambuco, o conselheiro Julio César, da secretaria de Governo e Participação Social, Maurílio Muniz, e das conselheiras Juliana Cesar, Joanna Freire e Rosângela Albuquerque. Ao todo, tomaram posse 48 conselheiros e conselheiras, entre titulares e suplentes.
      O evento simbólico e de boas vindas aconteceu na sede do CMS-Recife e contou com a participação de representantes dos Conselhos Distritais, de sindicatos, de secretarias da Prefeitura do Recife, de gestores da Secretaria de Saúde do Recife e da sociedade.
Dr. Jaílson Correia falou da honraria que é participar do Conselho Municipal de Saúde
     Sendo conselheiro nato na composição do CMS-Recife, Dr. Jailson Correia falou como é fazer parte do conselho. “É uma honra está no conselho para mais uma jornada que se inicia hoje”, disse. “Que o novo colegiado tenha um debate crítico, construtivo e que nos faz engrandecer e crescer ainda mais”, finaliza. 
     Num momento saudosista, o coordenador do CMS-Recife, Oscar Correia, lembrou um pouco da atuação do colegiado 2014-2016. “Desde que assumimos em 2014, o nosso colegiado sempre foi pautado na ética e no cuidado em fazer um Controle Social com um olhar mais humano, um olhar mais integrado”, disse. Oscar também relembrou as conquistas do Conselho nesses dois anos e deixou um pedido ao novo colegiado. "Aos novos conselheiros e conselheiras, quero registrar que este conselho espera que deem continuidade as ações que foram programadas para este ano. Esperamos que o novo colegiado continue promovendo, sistematicamente, o fortalecimento dos Conselhos Distritais e de Unidade", concluiu.
O coordenador do CMS-Recife, Oscar Correia, relembrou as ações que
o colegiado 2014-2016 realizou ao longo do seu biênio
    Segundo o Diretor geral de planejamento da Secretaria Estadual de Saúde, Dr. Humberto Antunes, fazer parte de um conselho de saúde é um motivo de grandeza. "Os conselhos e as conferências de saúde são um segmento que garantem a democratização de todos os serviços, das ofertas e das conquistas", lembrou. Para o representante da Secretaria de Governo e Participação Popular, Maurílio Muniz, o novo colegiado "começa a construir uma nova caminhada, onde se renova a busca por solucionar os problemas, pois o controle social é fundamental para isso".
     O conselheiro estadual de Saúde, Júlio César, reconheceu a importância do CMS-Recife para o Estado de Pernambuco. "Recife é um dos conselhos de referência dentro do Estado e dizemos isso com propriedade, pois o Conselho Municipal de Saúde do Recife tem desempenhado um grande trabalho dentro da cidade e tem dado uma contribuição maravilhosa", disse.
Cerimônia de Posse do novo colegiado 2016-2018 foi uma ato de boas vindas
    A conselheira Joanna Freire - representando o segmento gestor -, agradeceu ao colegiado que se despede pela "participação coerente, pela transparência e pelo respeito em todas as discussões". Já a conselheira Rosângela Albuquerque - representando o segmento trabalhador - frisou que o conselho é um lugar de aprendizagem e ressaltou que o novo colegiado deve se manter unido na luta por um SUS melhor.
     A conselheira Juliana Cesar - representando o segmento Usuário -, fez um discurso baseado na atual conjuntura da saúde onde há a possibilidade de um corte no orçamento na casa dos bilhões. "O conselho de saúde tem uma responsabilidade muito grande pela frente. A gente deve pensar como é fazer um controle social que permita utilizar os recursos e dirigi-los as necessidades mais prementes para garantir a melhor saúde para a nossa população", ponderou. 
     No ato, os conselheiros José Cleto, José Ribeiro e Paulo Roberto assinaram o livro de posse em nome de todos os conselheiros municipais de saúde. Ainda foram entregues placas comemorativas homenageando o colegiado 2014-2016 pelos serviços prestados nos anos de atuação.
O conselheiro José Cleto recebe placa comemorativa em nome do segmento Usuário
O conselheiro José Ribeiro recebe, das mãos do Dr. Humberto Antunes,
placa comemorativa pelo segmento Trabalhador
Pelo semento Gestor, o conselheiro Paulo Roberto recebe placa comemorativa
do coordenador do CMS-Recife, Oscar Correia
      Os/as novos/as conselheiros/as cumprirão mandato de dois anos e representam as classes dos usuários (50%), dos trabalhadores da saúde (25%) e dos prestadores de serviço e gestores de saúde (25%). Os/as conselheiros/as municipais são responsáveis por acompanhar as políticas em toda a cidade.
Colegiados 2014-2016 e 2016-2018



*Fotos: Antônio Tenório (PCR)