quarta-feira, 27 de abril de 2022

Vagas para Observadores se esgotam em minutos

 

Seguindo a tendência das conferências anteriores, as inscrições para Observadores para participação na 15ª Conferência Municipal de Saúde do Recife se encerraram em pouco mais de três (03) minutos! Essa marca não superou a conferência anterior (o recorde é de 2min34seg), mas foi um verdadeiro sucesso! Com inscrições abertas às 19h da última quarta-feira, 20, as 61 vagas disponíveis foram preenchidas sem nenhum transtorno.

Agora, todos os que conseguiram efetivamente uma vaga, devem comparecer no dia 17 de Maio, das 8h às 17h, para efetivar o seu credenciamento na 15ª Conferência no local do evento. Lembrando que é necessário levar um documento oficial com foto.

O CMS-Recife agradece a participação de todos que tentaram se inscrever.

sexta-feira, 22 de abril de 2022

CMS realizará plenária ampliada sobre Saúde Mental

 


O Grupo de Trabalho (GT) de Saúde Mental do Conselho Municipal de Saúde (CMS) do Recife definiu, em reunião realizada hoje, sexta-feira, 22, os últimos ajustes para a realização da plenária Ampliada para debater o tema da IV Conferência Estadual de Saúde Mental. Além disso, serão eleitos(as) os(as) delegados(as) que representarão Recife na próxima etapa.

A data escolhida foi 28 de Abril, próxima quinta-feira, e coincide com a 360ª Reunião Ordinária do CMS-Recife, pois garantirá uma maior participação. A reunião será em formato online e contará com convidados do Estado, do Conselho de Saúde de Pernambuco, de usuários da rede, entidades ligadas a temática de saúde mental, trabalhadores da RAPS (Rede de Atenção Psicossocial) e representantes da gestão municipal através da Secretaria-Executiva de Atenção Básica e da coordenação da Política de Saúde Mental, além do próprio colegiado do CMS e dos Distritos Sanitários.

Com o tema: "A política de Saúde Mental como Direito: Pernambuco pela defesa do cuidado em liberdade, rumo a avanços e garantia dos serviços de atenção psicossocial no SUS", a IV Conferência visa debater o cuidado, a garantia de direitos, aporte financeiro para a politica de saúde mental, os impactos na saúde mental no pós-pandemia, entre outros temas.

Distrito Sanitário V aprova propostas para 15ª Conferência Municipal de Saúde

 

Reunidos no dia 09 de abril de 2022, os(as) pré-delegados(as) eleitos(as) e os(as) conselheiros(as) natos do Conselho Distrital de Saúde (CDS) V estiveram reunidos(as) para realização da sua plenária Distrital da 15ª Conferência Municipal de Saúde do Recife. Realizada na Escola Municipal Amaury de Medeiros, em Afogados, a plenária teve como objetivo aprovar as propostas que serão encaminhadas para a etapa municipal da Conferência, além de eleger os representantes do Distrito V neste evento de suma importância para o Controle Social.

Embalados pelo grupo de percussão do CAPS René Ribeiro, a plenária pode ouvir as falas daqueles que compuseram a mesa de abertura. O coordenador do CMS-Recife, Oscar Correia, além de dar as boas vindas, ressaltou a importância desse espaço. “Hoje vocês irão aprovar propostas que servirão para os quatro anos de governo. É fundamental que as propostas atendam as necessidades das nossas comunidades”, disse.

A gerente do Distrito Sanitário V, Ana Beatriz Vasconcelos, deixou sua fala de otimismo. “Este foi um momento extremamente rico, um momento para fortalecimento da Atenção Básica e dos outros níveis de Atenção, onde a gente pode debater acesso, o fortalecimento da rede, a recomposição da rede”, disse. “A gente teve uma boa adesão e participação de todos os seus atores nesse momento de construção e fortalecimento das Políticas de Saúde, e, para o Distrito Sanitário V que se caracteriza por ter uma alta vulnerabilidade, todos saímos ganhando”, avalia.

Para a secretária de Saúde, Luciana Albuquerque, os Trabalhos de Grupo são de extrema importância. “Trabalho de grupo é muito importante para que a gente possa convergir as nossas necessidades e convergir o que é possível fazer [...] a gente sabe que são muitas as necessidades, mas a gente não vai poder dar conta de tudo de uma vez”, reflete. “Que a gente possa olhar para as necessidades do Distrito e conseguir priorizar aquela necessidade que possa dar maior efetividade na melhoria dos serviços”, finaliza.

Coordenando o Conselho Distrital de Saúde (CDS) V, a conselheira Sandra Rejane, falou da importância desse momento. “Participar das plenárias é muito mais do que ser somente uma conselheira, mas sim, fazer realmente o papel de cidadã, onde temos a oportunidade de fazer as escolhas e mudanças necessárias para melhorar a saúde da cidade do Recife”, pondera.

Após as falas iniciais e apresentações, os participantes foram divididos nos eixos temáticos, onde tiveram acesso ao texto base da conferência, bem como as propostas separadas por grupo. Ao todo foram sete grupos que debatem a Ampliação dos serviços básicos de saúde, garantindo a integralidade do cuidado, com ênfase na Saúde Mental; o Fortalecimento dos processos regulatórios e acesso aos serviços especializados, assegurando a continuidade do cuidado; o Fortalecimento da vigilância em saúde e a busca pela integralidade com as ações e políticas estratégicas; Gestão, inovação tecnológica e financiamento em saúde; Gestão do trabalho e da educação na saúde: dimensionamento do quadro de pessoal, valorização e desenvolvimento profissional; Transparência pública e controle social na construção de políticas de saúde e garantia de direitos; e Assistência farmacêutica: promoção do uso racional e o acesso aos medicamentos e insumos essenciais.







Ao final, foram eleitos(as) 28 usuários(as) e 06 trabalhadores(as) para representar o Distrito Sanitário V na 15ª Conferência Municipal de Saúde nos dias 17, 18 e 19 de maio de 2022.


ELEIÇÃO CDS

Assim como aconteceu na plenária Distrital do Distrito Sanitário III, o CDS V precisou fazer uso do Art. 72 do Regimento Interno do CMS-Recife para eleger um conselheiro para ocupar a vacância do segmento Trabalhador para o colegiado do Conselho Distrital de Saúde (CDS) V para o biênio 2022-2024.

Para quem não sabe, o CDS V possuía duas vagas para este segmento e, como as eleições dos Conselhos Distritais devem acontecer, preferencialmente, em decorrência das Conferências de Saúde, o CMS-Recife viu a possibilidade de preencher a vaga existente dentro da plenária.

Sendo assim, foi socializado com todos os presentes e apenas uma vaga foi ocupada pelo profissional de saúde, Mikael Lima Brasil, que foi eleito como conselheiro Titular.


quarta-feira, 20 de abril de 2022

Link de inscrição para Observadores

 


A 15ª Conferência Municipal de Saúde do Recife acontece nos dias 17, 18 e 19 de Maio, mas, conforme orienta do Regimento Interno da 15ª, as pessoas que ainda desejam participar desse evento tão importante para o Controle Social, podem concorrer a uma vaga na condição de Observador(a).

Para isto, basta ficar ligado no blog do Conselho e, às 19h de hoje, quarta-feira, 20, será liberado o link de acesso ao formulário de inscrição para esta categoria. Mas lembre-se: são ofertadas somente 61 vagas. Por isso, fica ATENTO(A) para não perder a vaga!

Logo abaixo está o endereço eletrônico que dá acesso a ficha de inscrição. 

 

LINK DE INSCRIÇÃO:

https://bit.ly/Incricoesobservador15conferenciasauderecife

segunda-feira, 18 de abril de 2022

Inscrições para Observadores será nesta quarta-feira (20)


Com a 15º Conferência Municipal de Saúde do Recife se aproximando - acontece nos dias 17, 18 e 19 de Maio de 2022, as pessoas que ainda querem participar desse evento tão importante do Controle Social devem fazer a sua inscrição como Observador(a) no blog do Conselho.

Serão oferecidas 61 vagas. Portanto, é fundamental ficar de olho para não perder a chance de participar desse evento que é a instância máxima do Controle Social.

As inscrições serão abertas às 19h da quarta-feira, 20. O link de inscrição será disponibilizado em breve. Aguardem.


quinta-feira, 14 de abril de 2022

Conselho realiza mais uma Distrital da 15ª Conferência Municipal de Saúde do Recife


“Hoje, aqui é um exercício individual de cidadania coletiva”. Foi com essa frase direta e emblemática que a vice-coordenadora do CMS-Recife, Janaína Brandão recebeu os participantes da plenária Distrital do Distrito Sanitário (DS) III, ocorrida no último sábado, 09, na Escola Técnica Dom Bosco em Casa Amarela. Contemplando os(as) pré-delegados(as) eleitos(as) nas plenárias Microrregionais do DS III e os(as) conselheiros(as) Distritais de Saúde do território, a plenária serviu para debater as propostas que seguirão para a etapa Municipal da 15ª Conferência Municipal de Saúde do Recife que acontece em Maio.

“É muito importante o dia de hoje. Temos duas instâncias de Controle Social garantidas por lei: os espaços de Conselhos de Saúde e as Conferências de Saúde, mas sabemos da dificuldade de representação... A gente esperava um público maior, esperava mais envolvimento dos segmentos e, por isso, deixo aqui uma reflexão para vocês sobre a participação: lá atrás, outras pessoas antes de nós estiveram lutando para que este espaço estivesse constituído dessa riqueza que é a representatividade”, disse Janaína, reforçando que o papel da sociedade é imprescindível na construção de políticas de saúde para melhorar a vida da população.


Recepcionados com uma calorosa agitação feita pela conselheira Municipal e profissional de educação física, Liana Lisboa, que colocou todo mundo para dançar, a plenária também foi convidada para escrever num painel com as perspectivas pessoais e dos participantes. "[A ideia do painel foi] trazer um pouco da visão do outro quanto às expectativas das pessoas na distrital do que precisa melhorar e em que a conferência pode contribuir por solução", disse Liana.

Participando da mesa de abertura, a gerente do Distrito Sanitário III, Lara Hazin, também deixou o seu recado. “Nós temos a mesma missão. Todos nós viemos com uma missão, que foi nos dada, onde muitos foram eleitos pelas suas comunidades para estar representando elas e trazendo propostas, construindo proposições para que cada vez mais a gente possa atender melhor aos nossos usuários e construir um SUS mais fortalecido”, disse.

A secretária-Executiva de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde, Andreza Barkokebas, representou a Secretária de Saúde, Luciana Albuquerque, na plenária e aproveitou para fazer uma apresentação dos avanços da pasta nesses meses de gestão. “Parabenizo a todos que tiraram um tempinho para fazer parte desse espaço democrático que a gente vive, onde estamos caminhando bem para chegará nossa conferência municipal cada vez mais fortalecidos”, disse.


A coordenadora do Conselho Distrital de Saúde (CDS) III, Jacqueline Sousa, que, pela primeira vez faz parte do CDS, reforçou as falas anteriores. “A importância do Controle Social na saúde é fundamental, pois visamos buscar melhorias no nosso território e em Recife como um todo”, conta. “Esperamos que nas próximas conferências as pessoas possam participar mais ativamente, pois é importante a devolutiva da população na construção de melhorias na nossa saúde”, finaliza.

Após as falas iniciais e apresentações, os participantes foram divididos nos eixos temáticos, onde tiveram acesso ao texto base da conferência, bem como as propostas separadas por grupo. Ao todo foram sete grupos que debatem a Ampliação dos serviços básicos de saúde, garantindo a integralidade do cuidado, com ênfase na Saúde Mental; o Fortalecimento dos processos regulatórios e acesso aos serviços especializados, assegurando a continuidade do cuidado; o Fortalecimento da vigilância em saúde e a busca pela integralidade com as ações e políticas estratégicas; Gestão, inovação tecnológica e financiamento em saúde; Gestão do trabalho e da educação na saúde: dimensionamento do quadro de pessoal, valorização e desenvolvimento profissional; Transparência pública e controle social na construção de políticas de saúde e garantia de direitos; e Assistência farmacêutica: promoção do uso racional e o acesso aos medicamentos e insumos essenciais.


No fim da tarde, a secretária de Saúde, Luciana Albuquerque, prestigiou o resultado dos trabalhos em grupos e conversou com os participantes da plenária. “Estamos vendo que as propostas estão sendo feitas pensando na realidade do município”, ressalta, reforçando a ideia que nem sempre a solução é “construir unidades de saúde em toda esquina, pois isso não resolve o problema, mas sim qualificar e fortalecer aquilo que já temos”.

Ao final, foram eleitos(as) 14 usuários(as) e 07 trabalhadores(as) para representar o Distrito Sanitário III na 15ª Conferência Municipal de Saúde nos dias 17, 18 e 19 de maio de 2022.

Delegados(as) eleitos(as) Segmento Trabalhador

Delegados(as) eleitos(as) Segmento Usuário


ELEIÇÃO CDS

Durante a plenária Distrital do Distrito Sanitário III, a Comissão Eleitoral fez uso do Art. 72 do Regimento Interno do CMS-Recife e elegeu uma conselheira para ocupar a vacância do segmento Trabalhador para o colegiado do Conselho Distrital de Saúde (CDS) III para o biênio 2022-2024.

Para quem não sabe, o CDS III possuía uma vaga para este segmento e, como as eleições dos Conselhos Distritais devem acontecer, preferencialmente, em decorrência das Conferências de Saúde, o CMS-Recife viu a possibilidade de preencher a vaga existente dentro da plenária.

Sendo assim, a profissional de educação física, Vanessa Lucena, foi eleita como conselheira suplente.

terça-feira, 12 de abril de 2022

Comunicação irá elaborar cronograma de conteúdos para Instagram

 

Recepcionando as demandas da Comissão Executiva, a Comissão de Comunicação do CMS-Recife, na tarde desta terça-feira, 12, teve algumas respostas quanto a questionamentos antigos a respeito do planejamento estratégico do Conselho. A falta desse planejamento deixa a comissão de mãos atadas para realização de algumas ações que são previstas para a comissão, a exemplo da produção de materiais informativos do CMS.

Mas, segundo a coordenadora da comissão, Juliane Araújo, enquanto o CMS espera pela construção do Plano, a Comissão pode fazer um levantando dos itens que precisam de uma atenção especial e seguir com o pedido.

Além disso, também foi analisada a interação com os seguidores do Instagram do Conselho através de postagens feitas na semana passada nos Stories dessa rede social. Na próxima reunião, a comissão irá criar um material para manter uma rotina de publicações/interações no CMS.

Ainda ficou acordado que as reuniões irão permanecer online até o término da 15ª Conferência Municipal de Saúde do Recife.

Comissão Organizadora define temas das mesas da 15ª Conferência

 


Tento como intuito em definir os assuntos que serão abordados nas mesas temáticas durante a 15ª Conferência Municipal de Saúde do Recife, a Comissão Organizadora desse evento master do Controle Social esteve reunida na manhã desta terça-feira, 12, em formato online.

Como de costume às terças-feiras, a comissão iniciou sua reunião fazendo uma avaliação das plenárias que ocorreram no último sábado, 9, contemplando os Distritos Sanitários III e V. Em avaliações positivas, os(as) membros da comissão que participaram das plenárias não relataram grandes problemas sobre a realização dos mesmos. Porém, curiosamente, um ponto foi citado em ambas: a baixa participação dos(as) pré-delegados(as).

Devido a pandemia, o CMS-Recife seguiu as orientações dos órgãos sanitários, garantindo um quantitativo de participantes que trouxesse segurança para os usuários, trabalhadores e gestores, mas, a comissão está se deparando com uma baixa na participação daqueles que foram eleitos(as) nas plenárias microrregionais, bem como, de alguns conselheiros(as) distritais. Ainda faltam quatro plenárias Distritais e espera-se que essa participação aumente.

Outro ponto discutido na reunião foi a definição dos temas das mesas de debate na 15ª Conferência. Após algumas intervenções, ficou acordado que os temas trarão vieses sobre a Atenção básica, com ênfase em Saúde Mental e sobre a saúde da População Negra.

Devido ao feriado da Semana Santa, a próxima reunião da Comissão será dia 19 de abril.

Educação Permanente discute criação de atividades de formação para conselheiros

 

Em reunião realizada na última sexta-feira, 08, a Comissão de Educação Permanente dá os primeiro passos para a realização de atividades educativas para os(as) conselheiros(as) da rede municipal de Conselhos de Saúde. A proposta é contemplar o colegiado do CMS-Recife e todos os 192 conselheiros(as) dos Conselhos Distritais de Saúde.

Temas como: Direitos Humanos, Práticas Integrativas, Regimento Interno, Orçamento, Educação Popular, Saúde do Trabalhador com enfoque no Controle Social, entre outros, estão no radar da comissão para realização de oficinas.

Ainda não se sabe como serão essas formações, mas, a comissão já estuda as possibilidades de viabilizar esses momentos de educação permanente para esses agentes do Controle Social.

sexta-feira, 8 de abril de 2022

Plenária Distrital I tem nova data definida

 


Na manhã desta sexta-feira, 08, a Comissão Organizadora da 15ª Conferência Municipal de Saúde do Recife bateu o martelo quanto a mudança da data da Plenária Distrital do Distrito Sanitário I. Prevista para ocorrer no dia 23 de abril, a comissão julgou por bem adiar a plenária devido a incerteza do feriadão de Tiradentes (21 de abril).

“Considerando um possível imprensado e que as pessoas podem faltar a Distrital e ter um público muito baixo, sem representatividade para este distrito, achamos por bem adiar”, conta Juliana Oriá, membro da Comissão Organizadora.

Com isso, o Distrito Sanitário I realizará sua plenária no dia 07 de Maio de 2022. O local permanece o mesmo. Agora, será feita uma comunicação direcionada com todos os participantes da plenária para socializar a mudança da data.

Além disso, a comissão definiu a pauta da próxima reunião que acontece dia 12, às 10h.

quinta-feira, 7 de abril de 2022

DS VIII realiza sua plenária Distrital


Elegendo 22 usuários(as) e 08 trabalhadores(as) para a próxima etapa da 15ª Conferência Municipal de Saúde do Recife, o Distrito Sanitário (DS) VIII realizou a sua plenária Distrital no último sábado, 02. Realizada na Escola Municipal Carlúcio de Souza Castanha, na UR-01 – Cohab, a plenária objetivou discutir as propostas que foram elencadas durantes as Microrregionais realizadas no fim do ano passado.

Na mesa de abertura tivemos a participação do coordenador do CMS-Recife, Oscar Correia, da secretária de Saúde do Recife, Luciana Albuquerque, da gerente do Distrito Sanitário VIII, Claudia Santos e da coordenadora do Conselho Distrital de Saúde VIII, Alessandra Alves.

“Este é um momento importante para discutir o que for melhor para a saúde do Recife e os delegados precisam ter um olhar voltado para os problemas das comunidades e fazer propostas que ajudem a melhorar a vida da população”, disse o coordenador do CMS-Recife, Oscar Correia.

Na ocasião, os participantes acompanharam um recital, em forma de cordel, sobre a Lei Maria da Penha, feito pelo grupo de crianças Defensores Mirins do Instituto Maria da Penha, além de participar de um momento de alongamento feito pela professora da Academia da Cidade, Taciana Miranda.

Participando pela primeira vez de uma conferência de Saúde, a coordenadora do CDS VIII, Alessandra Alves, fala da satisfação em fazer parte desse momento. “Tudo é um desafio, mas, eu resolvi entrar nesses espaços para tentar ajudar a minha comunidade e para ter um SUS de qualidade”, conta. “Precisamos levar para as comunidades e para os trabalhadores que esses espaços são importantes, pois são nesses lugares que podemos reivindicar nossas demandas”, finaliza.

Para a gerente do Distrito Sanitário VIII, Cláudia Santos, a plenária foi um momento ímpar para o território. "O controle social na saúde tem uma grande importância, pois é a garantia de que a população participará do processo de formulação e controle das políticas de saúde", conta. "A plenária distrital foi um momento fantástico com a presença de usuários, trabalhadores e gestores fazendo a discussão das propostas do território, onde, só assim, conseguiremos ter uma rede e um serviço de saúde de qualidade e equânime", finaliza.

Antes de seguir para os trabalhos de Grupo, os participantes puderam acompanhar uma apresentação feita pela Secretária de Saúde do Recife, Luciana Albuquerque. “O que deveria ser apenas uma fala inicial, a gente viu como uma oportunidade para trazer tudo o que a gestão está fazendo e quais são os planos para o futuro”, explica.  “As pessoas têm a necessidade de ouvir, de saber, e a gente tem pouco espaço para falar. Então, o objetivo é esse: que todos saibam o que a gente tem feito, quais esforços a gente tem feito em prol da saúde e quais são os nossos planos para futuro até para levar isso como subsídio nos trabalhos de grupo”, finaliza.

Após as falas iniciais e apresentações, os participantes foram divididos nos eixos temáticos, onde tiveram acesso ao texto base da conferência, bem como as propostas separadas por grupo. Ao todo foram sete grupos que debatem a Ampliação dos serviços básicos de saúde, garantindo a integralidade do cuidado, com ênfase na Saúde Mental; o Fortalecimento dos processos regulatórios e acesso aos serviços especializados, assegurando a continuidade do cuidado; o Fortalecimento da vigilância em saúde e a busca pela integralidade com as ações e políticas estratégicas; Gestão, inovação tecnológica e financiamento em saúde; Gestão do trabalho e da educação na saúde: dimensionamento do quadro de pessoal, valorização e desenvolvimento profissional; Transparência pública e controle social na construção de políticas de saúde e garantia de direitos; e Assistência farmacêutica: promoção do uso racional e o acesso aos medicamentos e insumos essenciais.









Conheça os Usuários e Trabalhadores eleitos(as) durante a plenária e que vão representar o Distrito Sanitário na 15ª Conferência Municipal de Saúde nos dias 17, 18 e 19 de maio de 2022, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda.

Delegação do DS VIII - Segmento Trabalhador

Delegação do DS VIII - Segmento Usuário