terça-feira, 31 de agosto de 2021

Colegiado acompanha cronograma de obras das Unidades de Saúde da rede

 


Não é de hoje que o CMS-Recife recebe várias denúncias acerca das instalações das Unidades de Saúde da rede municipal. São inúmeras queixas acerca de infiltrações, mofos das paredes, portas quebras, banheiros interditados, espaços sem ventilação, enfim, uma série de demandas que precisam ser observadas e corrigidas para melhor atender aos usuários(as) do Sistema Único de Saúde (SUS). E pensando nisso, o CMS-Recife realizou a 352ª Reunião Ordinária que tratou sobre as infraestruturas das unidades do Recife.

“Esse é um momento bem oportuno, pois mostra que o Conselho está em sintonia com a gestão, pois um dos nossos primeiros compromissos foi fazer um levantamento das necessidades de infraestrutura das unidades”, disse a secretária de Saúde, Luciana Albuquerque. “Visitamos todos os Distritos, onde sistematizamos os desafios e preocupações da rede no que diz respeito a estrutura das unidades e o grande diagnóstico foi feito e já começamos a executar”, afirma.

Contando com mais de 270 imóveis, a Secretaria de Saúde oferta mais de 300 serviços para a população, contemplando todos os oito Distritos Sanitários e distribuídos em Unidades de Saúde da Família, Upinhas, Unidades Básicas Tradicionais, Centros de Saúde, Polos da Academia da Cidade, Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), Policlínicas, UPAE, Maternidades, Hospital da Mulher e, mais recentemente, o Hospital do Idoso. “As unidades funcionam em imóveis próprios ou alugados, sendo, em média, 73% imóveis próprios ou cedidos e 27% imóveis alugados”, conta o gerente geral de Infraestrutura, Rubens Florêncio.

Rubens explicou que os imóveis foram classificados em três níveis: bom, regular e ruim. “Foi classificado como “Bom” o imóvel que poderá ou não precisar de reparos pontuais. O imóvel considerado “Regular” necessita de pequenas intervenções; e o imóvel considerado “Ruim” precisa de grandes intervenções”, conta. Do total de imóveis, cerca de 15% foi avaliado como ruim e precisarão de intervenções mais detalhadas.

Segundo Rubens, a classificação dos imóveis foi feita baseada na avaliação dos itens como pintura interna, pintura externa, instalações elétricas, instalações hidrossanitárias, pisos, esquadrias, estrutura da edificação, revestimentos internos, revestimentos externos, reservatório, forro, sanitários, cobertura, acessibilidade, muros e estacionamento.

Durante o ano de 2021, 15 unidades já passaram por manutenção, sendo 09 Unidades de Saúde da Família, 03 Polos de Academia da Cidade, 02 Unidades Básicas de Saúde e 01 Policlínica. E, em andamento, a sesau trabalha com mais 26 intervenções, sendo 24 de manutenção, 01 de reforma com ampliação e 01 construção.

Após as explanações, alguns conselheiros(as) fizeram questionamentos pontuais acerca das Unidades de Saúde que estão passando por intervenções, a exemplo da USF Vietnã, da USF José Severiano, da Upinha San Martin e da Upinha Poço da Panela, esta última com data prevista para entrega no final de outubro.

#FicaLigado: Vacinômetro

 

Vocês sabiam que existe um site bem bacana onde vocês podem ver o número de vacinados(as) por dia no Recife? E que nesse mesmo site vocês também podem ter acesso ao quantitativo de doses aplicadas através de dados separados por raça, grupo prioritário, Distrito Sanitário, entre outras informações? Não?

Trata-se do “Vacinômetro” e basta vocês acessarem o link https://bityli.com/8bOrZ e vão ficar por dentro de todos os dados disponibilizados.

Além disso, vale sempre lembrar sobre as informações acerca desse vírus que, infelizmente, causou grandes transtornos e mudanças em nossas vidas. Por isso, acompanha aqui tudo sobre o que sabe sobre o novo coronavírus:  https://novocoronavirus.recife.pe.gov.br/.

Acompanhem os dados, divulguem essas informações para todos(as) os(as) amigos(as) e familiares, assim, todo mundo fica por dentro de como está a imunização no Recife.

terça-feira, 24 de agosto de 2021

CMS-Recife Repercute: XVI ERCIPA

 

O XVI Encontro de Representantes de CIPAs - ERCIPA 2021 ocorrerá de forma on-line nos dias 26 e 27 de agosto de 2021 às 19 horas. O tema do Encontro deste ano será a “Participação do Trabalhador no Gerenciamento de Riscos Ocupacionais”. Na sua programação constam as participações dos engenheiros Ana Mércia, Edvaldo Nunes e Rafael Nogueira, como, ainda, do Educador José Hélio. Todos com larga experiência profissional no ramo prevencionista e em especial no relacionamento com as comissões internas de prevenção de acidentes.


Com a chegada da nova norma regulamentadora número 1, que trará consigo, entre outras novidades, a obrigatoriedade de elaboração de um programa de gerenciamento de riscos, percebe-se que evidencia a necessária participação de todos os componentes do modo laboral para a obtenção desta tão almejada gestão da segurança do trabalho. Estas comissões constituem-se, portanto, numa ferramenta adequada num auxílio para o cumprimento desta obrigação trabalhista.


A inscrição do evento será através da plataforma Sympla e é totalmente gratuíto. Você pode acessar através do link: https://bityli.com/oYwAF.


sexta-feira, 13 de agosto de 2021

GT da COVID-19 realiza seu primeiro encontro

 

Aconteceu, na última quarta-feira, 11, a primeira reunião do Grupo de Trabalho (GT) que acolherá e discutirá assuntos referentes ao enfrentamento da Covid-19. Formado durante a 221ª Reunião Extraordinária em abril, os membros do GT fizeram relatos acerca das demandas da pandemia e aproveitaram a oportunidade para realizar alguns encaminhamentos.

A conselheira Juliana Cezar, por exemplo, solicitou que a secretaria de Saúde realizasse apresentações periódicas ao GT com o intuito de mostrar um panorama geral, no que diz respeito a vacinação, aos grupos vacinados, os leitos ocupados, quanto ao atendimento na Atenção Básica, etc.

Além disso, temas como: o cronograma de vacinação; se o município está se preparando para o pós Covid-19; como está a rede de cuidados para pacientes sequelados em decorrência do novo coronavírus e a aplicação de doses dos imunizantes na população em situação de risco também foram citadas.

O GT agora irá se reunir quinzenalmente. 

Colegiado aprova Regimento Eleitoral do CDS VI


 

Em reunião Extraordinária, ocorrida na tarde de ontem, quinta-feira, 12, o plenário do CMS-Recife aprovou, por unanimidade, o Regimento Eleitoral que norteará as eleições do novo colegiado do Conselho Distrital de Saúde (CDS) do Distrito Sanitário (DS) VI para o biênio 2021-2023. A aprovação marca o início da série de sete eleições para mudança dos colegiados dos CDS existentes na rede municipal. O documento servirá de modelo para os CDS I, III, IV, V, VII e VIII.

“A aprovação desse regimento só comprova o compromisso do CMS em fortalecer os espaços de Controle Social em Recife, que, mesmo em meio às dificuldades da pandemia, discute as melhores formas para realização das eleições dos conselhos distritais, preservando a segurança das pessoas e seguindo todos os protocolos existentes”, disse a conselheira e componente da Comissão Eleitoral do CDS VI, Fábia Andrade.

Seguindo a experiência exitosa das eleições do CMS-Recife ocorrida em março deste ano, as eleições dos CDS também serão no formato online, onde cada Distrito terá que se adequar a essa nova realidade. “Os Conselhos Distritais terão total apoio operacional do CMS, onde, juntos, iremos realizar um trabalho minucioso, célere e transparente para viabilizar as eleições”, conta o assessor de Comunicação do CMS-Recife, Carlos Diego Lins.

Após a aprovação, o coordenador do CMS-Recife, Oscar Correia, socializou ao colegiado alguns entraves que o Conselho enfrenta para publicação de suas Resoluções no Diário Oficial do Município. “Recentemente o jurídico da Sesau devolveu algumas resoluções pedindo que o conselho anexasse as atas das reuniões para comprovar que os assuntos das resoluções foram mesmo aprovados”, conta. “E que essas atas estivessem devidamente assinadas pelos membros que participaram da reunião. Mas isso é muito complicado, pois não é fácil recolher essas assinaturas, ainda mais com nossas reuniões acontecendo de forma online”, explica.

Segundo Oscar, esse pedido do Jurídico pode atrasar as demandas do conselho, visto que algumas das resoluções que retornaram são justamente referentes aos Processos Eleitorais. “Entendemos que agora o jurídico tem novas pessoas na equipe e talvez o entendimento quanto as deliberações do conselho não estejam claras para eles, mas o atraso na publicação faz com que a gente fique de mãos atadas e não consiga seguir com os cronogramas para essas eleições”, conta. “Esse atraso também acaba prejudicando a própria gestão uma vez que algumas resoluções são de interesse deles”, pondera, se referindo ao documento que aprova o RAG 2020.

Outra resolução que também vem aguardando publicação é a aprovação do novo valor para ressarcimento dos(as) conselheiros(as). “Esse ressarcimento é importante para os conselheiros do segmento usuário, na qual fortalece os conselheiros comprar os pacotes de internet para participar das reuniões plenárias e das comissões”, finaliza Oscar.

Após discussão, ficou encaminhando que o CMS-Recife irá elaborar um documento para ser enviado a Secretária de Saúde, Luciana Albuquerque, solicitando uma audiência para tratar desses assuntos, explicar, junto ao jurídico, como são os processos administrativos do Conselho e, assim, resolver esse imbróglio jurídico.

quarta-feira, 4 de agosto de 2021

Articulação programa suas próximas atividades

 


Reunidas na manhã desta quarta-feira, 04, a Comissão de Articulação fez um apanhando de suas demandas e encaminhou alguns pontos acerca dos Regimentos Eleitorais (RE) que elegerão os próximos colegiados dos Conselhos Distritais de Saúde (CDS).

Na ocasião, a comissão recebeu os RE dos CDS III e VIII. Porém, visto que o RE do CDS VI já está em fase de aprovação, a comissão optou por aguardar a aprovação desse regimento, pois ele será replicado para os demais. 

Aproveitando a oportunidade, a comissão também pré-agendou uma reunião com a Comissão Eleitoral que está acompanhando as eleições dos Conselhos de Unidade do Distrito Sanitário II para a próxima semana (11/08) e também solicitou ao planejamento da Secretaria de Saúde uma agenda para realizar o segundo ciclo do monitoramento da Programação Anual de Saúde (PAS) do CMS-Recife para o dia 18/08.

Ainda na reunião, foi socializado que as Resoluções que publicizam todas as Comissões Eleitorais já seguiram para publicação no Diário Oficial do Município e que a conselheira Janaína Brandão pediu afastamento da comissão e sua vacância deverá seguir para preenchimento no próximo pleno.