quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

GT discute necessidades da Política de Saúde Mental do Recife

       Na manhã desta quarta-feira (31), membros do Grupo de Trabalho (GT) que discute as necessidades da Política de Saúde Mental do Município, se reuniram para fazer o repasse dos encaminhamentos da sua última reunião e receber as devolutivas da gestão, apresentados pela conselheira e gerente de Monitoramento e Informação da Secretaria de Saúde, Kamila Matos.
       Ao longo da reunião, o GT viu a necessidade do convidar a coordenadora da Política, Cléo Queiroz, para uma reapresentação das ações, necessidades, avanços e desafios da Saúde Mental dos últimos cinco meses, visto que a última vez que a Política foi apresenta ao Plenário do CMS foi em Agosto de 2017. “Essa reapresentação visa entender como a Política está atualmente para nos ajudar a fazer um diagnóstico das necessidades e poder cobrar da gestão melhorias para a Saúde Mental”, disse Micheline Moraes, coordenadora do GT.
      A referida reunião está marcada para o dia 28 de fevereiro e contará com a participação de conselheiros/as, usuários/as e trabalhadores/as, dos Conselhos dos CAPS, além dos componentes do GT e da coordenadora da Política, Cléo Queiroz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário